Games

Joel em The Last of Us Parte II Remastered
Games

The Last of Us: Co-criador defende o uso de IA no desenvolvimento de jogos

Então, teremos IA no desenvolvimo do The Last of Us Part 3?

Octavio Ferreira •
23/05/2024 às 17h23, atualizado há 2 meses

Neil Druckmann, chefe de estúdio e criação da Naughty Dog, e um dos principais responsáveis por The Last of Us, acredita que o desenvolvimento de ferramentas de IA mais sofisticadas “revolucionará a forma como o conteúdo é criado”.

Segundo o site Games Radar, Druckmann mencionou a tecnologia em uma entrevista para Sony, proprietária da Naughty Dog, admitindo que existem algumas “questões éticas que precisamos abordar” em relação à IA.

The Last of Us 2

Porém, ele acredita que isso poderia dar aos estúdios a oportunidade de “assumir projetos mais ousados e empurrar os limites da narrativa em jogos”. Uma fala que causou uma certa polêmica e já infla vários debates.

O timing da entrevista não poderia ser melhor para tocar fogo no parquino, já que os debates relativos a IA no desenvolvimento são discutidos abertamente por representantes de gigantes da tecnologiqa como Microsoft e EA. O discurso principal é que o uso de  IA generativa pode agilizar a produção, mas nunca é debatido o quanto os profissionais das diversas áreas serão afetados.

Leia mais

The Last of Us e o debate a respeito da IA

O chefe da Naughty Dog reforça que o uso da IA ​​poderia ajudar quando se trata de “reduzir custos e obstáculos técnicos”. Para aspirantes a criadores que podem ver a tecnologia de IA como a norma, Druckmann incentiva “dominar os fundamentos em vez das ferramentas” e afirma que é vital compreender o ofício.

PS Plus The Last of Us Part 1

“Com a IA, a sua criatividade estabelece os limites. Compreender a história da arte, a composição e a narrativa é essencial para uma direção eficaz. As ferramentas evoluem rapidamente. Algumas ferramentas, antes essenciais, agora estão obsoletas”

Na Naughty Dog, fizemos a transição da animação manual de Jak e Daxter para o uso de captura de movimento em Uncharted , melhorando significativamente nossa narrativa. A IA nos permitirá criar diálogos e personagens diferenciados, expandindo as possibilidades criativas. No entanto, é crucial direcionar com precisão essas ferramentas para alcançar os resultados pretendidos.”

“Os avanços tecnológicos também apoiam a colaboração global e o feedback em tempo real. As ferramentas de trabalho remoto, cruciais durante a pandemia, reduziram as viagens e simplificaram os processos de produção. Por exemplo, consegui supervisionar a produção da segunda temporada de The Last of Us desde LA via telefone ou computador, enquanto filma no Canadá.”

Será que The Last of Us Part 3 terá o uso de IA em seu desenvolvimento? Seja como for, seguem os acalorados debates sobre esta tecnologia.


Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYouTubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

Últimos Arena Shorts

Bom dia com DROPS! Para começar o dia com as news quentinhas! 🔥🎮

Eita que vem mudança por aí, o que você achou?

Hora de se atualizar! Se liga no DROPS! 🕹

GameArena.GGDROPS NA ÁREA! 🔥 Confira as news de hoje! 🚀

Route, da LOUD de LoL, é acusado de soft inting; Novos jogos no XBOX Games Pass e mais! 🎮

Betnacional - A Bet do Galvão, do Thiaguinho e do Brasil

Mais sobre Games

  • Análise Game Arena

  • Card Games

  • Colunas

  • Free Fire

Betnacional - A Bet do Galvão, do Thiaguinho e do Brasil