PlayStation

PlayStation recebe parecer favorável de juiz em processo de quebra de patente no valor de US$ 500 milhões

Juiz deu parecer favorável para a PlayStation em suposta quebra de patente de controle

Judge rules in PlayStation's favour in $500m patent infringement lawsuit

PlayStation ganha processo movido pela Genuine Enabling Technology

Um juíz do Tribunal Distrital dos EUA determinou que a Sony não infringiu a tecnologia patenteada de outra empresa com seus consoles e controles PlayStation. O caso foi movido pela Genuine Enabling Technology (GET) contra a Sony Corporation em 2017, buscando US$ 500 milhões em danos.

GET alegou que a Sony infringiu sua patente ‘730, intitulada ‘Método e Aparelho para Produzir um Fluxo de Dados Combinado e Recuperar Deste o Respectivo Fluxo de Entrada do Usuário e Pelo Menos um Sinal de Entrada’.

Leia mais

Uma das principais reclamações era sobre como os consoles e controles PlayStation se comunicam entre si, enviando um sinal separado em uma frequência ‘de variação lenta’ para entradas de botões e outra frequência mais alta para entradas de controle de movimento. GET alegou que nenhum dispositivo poderia receber simultaneamente ambos os sinais até que desenvolveu uma solução com sua patente ‘730.

PlayStation

No entanto, a Sony argumentou que a empresa não apresentou evidências suficientes que provassem que um componente específico em seus controladores era “estruturalmente equivalente” aos diagramas lógicos descritos na patente da GET.

Conforme uma Opinião Memorando divulgada na segunda-feira, 25 de março de 2024, vista pelo GamesIndustry.biz, o juíz concordou que a GET havia “falhado em levantar uma disputa de fato” e concedeu o pedido da Sony para uma sentença sumária de não infração. Ela também declarou o caso encerrado.

A Genuine Enabling Technology também moveu um processo semelhante contra a Nintendo por violação da mesma patente. O juiz do Tribunal Distrital desse caso também decidiu a favor da Nintendo em 2020, mas o Tribunal de Apelações dos EUA reverteu essa decisão em 2022. O caso continua em andamento.

Com informações de: Games Industry.biz


A Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYouTubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Notícias

1

Notícias

Sonic Frontiers 2 estaria em desenvolvimento, diz rumor

2

Notícias

Silent Hill 2 Remake pode mudar rosto do protagonista após feedback dos fãs

3

Notícias

Watch Dogs: franquia está “morta e enterrada”, diz insider

4

Notícias

NBA 2K: 2K vence processo contra tatuador de LeBron James

5

Notícias

EA critica Conselho de Classificação Japonês por banir Dead Space, mas aprovar Stellar Blade – Entenda o caso