Nintendo

Nintendo: após fechamento do Yuzu, vários substitutos aparecem na internet

Nintendo terá uma batalha grande contra outros emuladores a partir de agora

Nintendo Switch 2

Com o encerramento do Yuzu, outros emuladores podem incomodar a Nintendo

Após o acordo entre a Nintendo e o emulador Yuzu, que rendeu cerca de US$ 2,4 milhões para a empresa japonesa, além do fechamento do serviço e impedir a Tropic Haze de formar novas entidades ou associações, ou usar qualquer outro dispositivo para contornar as proibições estabelecidas, novos emuladores surgiram na internet.

Com menos de 12 horas após o fechamento do Yuzu, alguns novos emuladores começaram a circular por aí, com alguns sendo disponibilizados apenas algumas horas depois da sentença ter sido revelada. A Tropic Haze não comentou sobre o assunto até o momento.

Leia mais

Apesar de muitos emuladores alegarem que podem ser utilizados para meios legais, é preciso salientar que o posicionamento da Nintendo contra a prática, continua sendo a mesma, dizendo que apoiar a prática, também ajuda a pirataria.

Nintendo

“Embora reconheçamos a paixão que os jogadores têm pelos jogos clássicos, o apoio à emulação também apoia a pirataria ilegal dos nossos produtos. Sempre que possível, a Nintendo e os seus licenciados tentam encontrar formas de trazer clássicos legítimos para os sistemas atuais (através de títulos no Virtual Console, por exemplo)”, diz a empresa.

Nintendo Switch

Além disso, a empresa comenta que você não deveria fazer nenhum tipo de backup dos jogos que possui, então o problema se estende para além dos usuários que utilizam os emuladores para pirataria, para também aqueles que tentam criar um arquivo de títulos antigos.

“Há alguma desinformação na Internet sobre esta exceção de backup/arquivamento. Esta é uma limitação muito restrita que se estende ao software de computador. Os videogames são compostos por vários tipos de obras protegidas por direitos autorais e não devem ser categorizados apenas como software”, explica a Nintendo.

“Portanto, as disposições relativas a cópias de backup não se aplicariam a trabalhos de videogame protegidos por direitos autorais e, especificamente, a downloads de ROM, que normalmente são não autorizados e infratores.” Com isso em mente, parece provável que a Nintendo acabe tomando medidas legais contra esses novos emuladores também, embora ainda não se saiba quanto tempo isso levará.

Com informações de: Games Radar+


Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYouTubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Nintendo

1

Nintendo

Nintendo compra a Shiver Entertainment

2

Nintendo

Zelda: Sony diz que está trabalhando “em colaboração próxima” com Miyamoto no filme

3

Nintendo

Pokémon Go revela campanha focada no Brasil

4

Nintendo

Super Mario 64: jogador abre porta inacessível depois de 28 anos

5

Nintendo

Fae Farm: Estúdio Phoenix Labs anuncia demissão em massa de funcionários