Electronic Arts

Electronic Arts: co-criador de Halo diz que “não tem nada positivo para falar” da empresa

Marcus Lehto foi co-criador dos jogos de Halo e trabalhou para a Electronic Arts

Electronic Arts: co-criador de Halo diz que "não tem nada positivo para falar" da empresa

Co-criador de Halo foi chamado para trabalhar na Electronic Arts

Marcus Lehto é um dos co-criadores de Halo, e trabalhou como um desenvolvedor criativo sênior na Bungie até 2012. Ele chegou a montar um próprio estúdio, contudo, se juntou a Electronic Arts em 2021 para fundar o Riddgeline Games, que estava encarregado em fazer um novo Battlefield.

A Electronic Arts revelou em fevereiro, que estava desligando cerca de 670 funcionários do quadro de trabalhadores da empresa. Ao todo, os desligamentos somam 5% da força de trabalho atual da desenvolvedora. Na mesma época, Lehto anunciou que estava saindo da publisher, e revelou não ter dito bons momentos por lá.

Leia mais

 

Além do desligamento desses funcionários, a Ridgeline Games, estúdio formado em 2021 para desenvolver um jogo single-player no universo de Battlefield, foi fechado. O estúdio tinha sede em Seattle, teve a confirmação o fechamento por meio de um comunicado da presidente da EA, Laura Miele.

“Tomei um soco no estômago ao ver a EA demitir minha equipe”, comentou Lehto no Twitter. “Tantos desenvolvedores talentosos que foram incrivelmente valiosos para a franquia Battlefield”. Esclarecendo a situação da sua saída, o desenvolvedor comentou: “Sim, eu deixei a EA nos meus termos. Isso foi uma decisão difícil de se tomar”.

Electronic Arts

O desenvolvedor então agradeceu a comunidade de Battlefield e deseja a todos os times que continuam na EA o melhor. Contudo, ele não deixou de criticar a atitude da empresa. “Não tenho falado muito aqui, já que não tenho nada de positivo a dizer sobre a EA [e] minha recente saída”, diz Lehto. “E quantos, incluindo minha equipe, estão sofrendo devido às demissões generalizadas do setor.” Lehto postou mais tarde no LinkedIn dizendo que está “incrivelmente chateado e muito triste” com as demissões e Ridgeline “são pessoas muito talentosas cujas vidas estão sendo reviradas desnecessariamente”.

Com informações de: PC Gamer


Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYouTubeInstagramTik TokFacebook Kwai

COMPARTILHE

Bombando em Notícias

1

Notícias

Razer traz controles mobile em julho a partir de R$ 699

2

Notícias

Guia de CoD: as melhores classes de fuzis de batalha no Warzone (Temporada 3)

3

Notícias

Baldur’s Gate 3: estúdio não deve crescer muito, diz CEO

4

Notícias

Fallout 4 ganha mods inspirados na série do Prime Video

5

Notícias

Razer anuncia primeiro mousepad com retroiluminação LED