Assassin’s Creed

Assassin’s Creed: ex-contratado da Ubisoft mostra conceito que criou em 2013 para um jogo situado no Japão

História de um Assassin's Creed no Japão foi feita em 2013 por um ex-contratado da empresa

Assassin's Creed Shadows_ Trailer Cinemático Oficial da Estreia Mundial

Ex-funcionário que prestou serviços para Ubisoft, revelou roteiro de um possível Assassin’s Creed baseado no Japão

Um ex-funcionário que prestou serviços para Ubisoft, Chris Fisk, comentou sobre uma história que ele elaborou para Ubisoft, sobre o universo Assassin’s Creed, situada no Japão. Segundo o escritor, a trama giraria em torno de um monge que tenta recuperar a Espada do Éden.

Na trama, como o roteirista revela na publicação, é focada Espada do Éden e como ela deu uma vantagem desleal para Oda Nobunaga na conquista do Japão. O protagonista, seria um monge chamado Yamauchi Taka, e seria treinado por Hattori Hanzo.

Assassin's Creed Shadows

Hanzo assassinaria Nobunaga, e Taka seria treinado para se tornar parte da irmandade dos Assassinos, e tentaria retirar a espada do Japão, mas Templários impedem a movimentação e o artefato é perdido, cabendo ao monge encontrar o item sagrado.

O roteirista explicou que esse conceito foi feito para a Ubisoft por meio da empresa que trabalhava na época, Aeria, e que alguns tratamentos da história que ele escreveu foram aprovados e se tornaram canônicos.

Leia mais

Assassin's Creed Shadows

Também foi dito pelo roteirista que boa parte das histórias que ele criou foram utilizadas em um jogo mobile, Assassin’s Creed: Memories, que acabou sendo descontinuado em 2014. O roteirista também explicou que a publicação mostrando o conceito que ele criou, não foi feita para atacar os desenvolvedores trabalhando em Shadows.

“Isso nunca foi para ser uma crítica maldosa aos desenvolvedores atuais que estão trabalhando em AC: Shadows. Eu, pessoalmente, não gosto da direção que a série tomou para este jogo, mas é claro que estou sendo tendencioso”, clarificou o roteirista.

Segundo Fisk, a publicação foi feita por estar chateado com o fato de que boa parte da sua contribuição na indústria não estão mais disponíveis, e que “todo MMO shooter em que trabalhei foi encerrado”, e acrescentou: “Estou tão feliz por não estar mais nessa indústria.”

Com informações de: DualShockers


A Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYouTubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Notícias

1

Notícias

Bandai Namco Online revela prejuízo de US$ 51 milhões

2

Notícias

Criador do mangá de Elden Ring pausa o mangá para jogar Shadow of the Erdtree

3

Notícias

Hidetaka Miyazaki quer desenvolver um JRPG clássico inédito

4

Notícias

Elden Ring chega a 600 mil jogadores na Steam no lançamento de Shadow of the Erdtree

5

Notícias

SEGA levará Metaphor: ReFantazio para Gamescom LATAM 2024