PlayStation

PlayStation: ex-chefão diz que exclusividade é “calcanhar de Aquiles” da indústria

Shawn Layden atualmente é conselheiro de outras grandes empresas

Ex-executivo da PlayStation alerta sobre big techs na indústria de games

Antigo CEO da PlayStation foi bem sincero com sua visão de mercado

O ex-chefão de PlayStation, Shawn Layden, abriu o jogo sobre o que pensa a respeito da indústria de games, e garantiu que a “exclusividade é o calcanhar de Aquiles” do ciclo moderno de desenvolvimento.

Leia mais:

Em uma entrevista ao site VentureBeat, Layden detalhou seus pensamentos sobre as mudanças que aconteceram na indústria desde que começou a trabalhar na Sony, na década de 1980.

Atualmente, Layden atua como conselheiro para empresas como Tencent e Web3, e, na entrevista, falou sobre os problemas que existem na exclusividades de plataformas, especialmente nos custos.

“Quando seus custos para um jogo excedem os US$ 200 milhões, a exclusividade é seu calcanhar de Aquiles. Isso reduz o seu potencial de mercado. Particularmente quando se está em um mundo de jogos como serviço ou gratuitos. Outra plataforma é apenas uma maneira de abrir o funil, trazer mais pessoas”, disse Layden.

APROVEITE PARA CONFERIR OS VÍDEOS E O CANAL DO YOUTUBE DA GAME ARENA. NESTE VÍDEO, PENSO SE AINDA VALE ESPERAR POR SEQUÊNCIAS TANTOS ANOS DEPOIS:


Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYouTubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Games

1

Games

Marvel Rivals revela novo mapa e teaser com possível personagem

2

Games

Genshin Impact: versão 4.6 chega em 24 de abril; confira

3

Games

Ex-presidente da Blizzard acredita que jogos como Red Dead Redemption 2 ou God of War merecem “gorjetas”

4

Games

SPY×FAMILY chega com tudo ao PUBG MOBILE – Confira as novidades do collab

5

Games

Baldur’s Gate 3: atores querem continuar trabalhando com Dungeons & Dragons