Matérias Especiais

Pokémon: museu de Van Gogh é invadido por cambistas atrás de itens exclusivos da colaboração

Colaboração entre Pokémon e Museu Van Gogh é invadida por cambistas A colaboração entre o Museu Van Gogh e Pokémon...

Pokémon

Colaboração entre Pokémon e Museu Van Gogh é invadida por cambistas

A colaboração entre o Museu Van Gogh e Pokémon começou na última quinta-feira (28), e uma série de cambistas “invadiram” o local para conseguir comprar os itens à venda e também garantir a carta especial da parceria. Alguns itens já estão a venda no eBay por valores entre US$ 85 e US$ 400.

“Embarque em uma Aventura Pokémon pelos quadros de Van Gogh”, descreve o site do museu para o evento que celebra o 50º aniversário do local. “Descubra as histórias por trás das obras-primas. Siga as pistas, complete a missão e entregue suas respostas para receber uma carta promocional especial Pikachu x Museu Van Gogh para adicionar à coleção (sujeito à disponibilidade)”.

Leia mais

No entanto, as cartas só estão disponíveis para quem completar os passos da colaboração, o que fez com que os cambistas fossem direto para a loja do museu tentar comprar o que desse para vender online.

Alguns membros da comunidade de Pokémon comentaram sobre o assunto. Joe Merrick, criador do site Serebii.net, que alegou estar triste com a situação e que esse seria o motivo de não acontecerem mais colaborações como essa.

O perfil do Twitter “Media with Pokémon Music” colocou a música da Equipe Rocket por cima do vídeo, e saiu do personagem para desejar que os cambistas vão à falência por arruinar a diversão alheia.

A busca incessante por cartas de Pokémon tem sido algo que transformou um passatempo bacana de colecionador em um mercado cruel e sem noção. Sabendo que algumas pessoas vão pagar uma quantidade absurda de dinheiro por um Pikachu de chapéu, as pessoas simplesmente invadiram o Museu para tentar garantir o item.

O mais engraçado disso tudo? Ao checar o site do museu, descobri que os itens vão estar disponíveis para compra de forma online no futuro. O que torna essa bobeira de sair tentando adquirir as coisas para se dar bem em cima dos outros mais triste ainda.

Pokémon

Tudo bem que a carta não estará disponível no site, mas é algo que deveria ser um momento legal, em família, pais levando os filhos para aprenderem mais sobre a história de um dos maiores pintores que já existiu e não uma disputa de marmanjo tentando garantir o item para vender.

Colecionar cartas de Pokémon TGC tornou-se um tormento, graças à essa galera que vive tentando subir os preços dos itens de forma absurda para conseguir dinheiro em cima da paixão alheia. Deixei de adquirir pacotes para o meu deck por essa inflação enorme que acabou acontecendo.

Pokémon

Ter uma coleção deveria ser algo saudável, divertido, e não uma luta para tentar comprar cartas caras e sair tirando onda com os outros. Ainda mais se tratando de um item que faz parte de uma iniciativa tão bacana, que vai ajudar as crianças a se conectarem com a atividade de ir em um museu.

A exibição vai até o dia 7 de janeiro e conta com três atividades diferentes, envolvendo uma apresentação com pinturas inspiradas nas obras de Van Gogh envolvendo Pokémon, outra mostrando os trabalhos originais do artista e um vídeo mostrando como desenhar o Pikachu.

Com informações de: PC Gamer


Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Matérias Especiais

1

Matérias Especiais

Baldur’s Gate 3: sétima atualização não será a última e Larian promete mais novidades

2

Matérias Especiais

Mortal Kombat 1 revela trailer de gameplay de Takeda Takahashi

3

Matérias Especiais

Call of Duty Black Ops 6: Multiplayer não terá função ‘odiada’ do Cold War

4

Matérias Especiais

Call of Duty Black Ops 6: beta do Multiplayer ganha datas e mudanças históricas

5

Matérias Especiais

Os muitos prêmios de Baldur’s Gate 3 estão impactando o trabalho no estúdio, diz Larian