Razer

Razer anuncia primeiro mousepad com retroiluminação LED

Item tem superfície microtexturizada e conta com portas USB-A e USB-C

Razer Firefly V2 Pro

Novo periférico da Razer promete uma experiência mais imersiva

A Razer anunciou, nesta quinta-feira (18), o Firefly V2 Pro, primeiro mousepad gamer completamente iluminado em LED, otimizado por um acabamento de superfície fosco em toda sua extensão.

Leia mais:

Razer Firefly V2 Pro

O Fierfly V2 Pro foi projetado para dar mais precisão e velocidade ao usuário, e conta com um acabemento texturizado, que reduz o atrito com mouses, e é ideal para modelos compostos por sensores óticos.

Ao todo, o novo mousepad da Razer conta com 15 zonas de iluminação individuais e personalizáveis, alimentadas pela tecnologia Chroma RGB, que oferece aos jogadores uma imersão maior devido aos efeitos de luz dinâmicos e reativos ao que acontece nos games.

Para uma experiência ainda melhor, a Razer recomenda que os jogadores usem o software Synapse, que cria uma personalização mais profunda de iluminação, e promete uma atmosfera mais envolvente.

Por fim, o Firefly V2 Pro conta com uma porta USB-A embutida e um cabo USB-C destacável, o que gera maior versatilidade para o jogador carregar a bateria de seu mouse ou alimentar o próprio mousepad com energia.

Com previsão de lançamento para outubro de 2024, o Razer Firefly V2 Pro será vendido pelo preço sugerido de R$ 900.


Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYouTubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Games

1

Games

PlayStation: executivo acredita que foco irá mudar de gráficos para narrativas imersivas

2

Games

Overwatch 2: modo PvE é descontinuado após 3 meses

3

Games

Animal Well: Após sucesso do game indie, criador anuncia novo projeto

4

Games

Amazon abre primeiro estúdio europeu, chefiado por ex-Ubisoft

5

Games

The Last of Us: Co-criador defende o uso de IA no desenvolvimento de jogos