Hideo Kojima

Hideo Kojima resolveu fazer Physint para os fãs após doença mudar suas prioridades

Kojima ainda comentou que chegou a fazer um testamento em 2020

Metal Gear Solid Hideo Kojima

Hideo Kojima passou por cirurgia em 2020

O renomado designer de jogos Hideo Kojima revelou recentemente em um novo episódio de sua série para o YouTube, os motivos para seu retorno ao gênero de ação e espionagem com Physint, seu próximo projeto para o PlayStation 5.

Hideo Kojima, mais conhecido pela série Metal Gear, explicou como um período de doença e cirurgia, aliado à reflexão sobre sua mortalidade, o levou a “mudar suas prioridades” e atender a um pedido antigo dos fãs.

Leia mais

No episódio, Kojima detalhou sua jornada criativa após deixar a Konami e fundar o estúdio Kojima Productions. Buscando inicialmente inovação com sua propriedade intelectual e enfrentando desafios, ele desenvolveu Death Stranding para criar uma franquia. Posteriormente, iniciou a criação de Death Stranding 2 e explorou novas ideias com OD.

Entretanto, Kojima reconheceu os persistentes pedidos globais ao longo dos anos por outro jogo da série Metal Gear. Somente durante sua doença em 2020, no meio da pandemia, esses apelos ganharam um significado mais profundo.

Hideo Kojima

Hideo Kojima revelou: “Eu estava doente e isolado durante todo o período. Eu até passei por uma cirurgia. E pensei, ‘não consigo mais’. Escrevi um testamento também. E naquele momento, percebi que as pessoas morrem. No entanto, completei 60 anos no ano passado. Farei 70 daqui a 10 anos. Espero nunca me aposentar. Dito isso, se os usuários desejam tanto, achei que deveria mudar minhas prioridades um pouco. Ainda quero fazer coisas novas, mas decidi criar um jogo de ação e espionagem.”

Hideo Kojima

Physint, elogiado por Kojima como a “culminação do meu trabalho”, está em desenvolvimento. Enquanto Kojima está atualmente concentrado em Death Stranding 2 e no projeto OD, ele forneceu insights sobre Physint. Descrevendo-o como um “jogo interativo” com elementos cinematográficos em termos de visual, história, tema, elenco, atuação, moda e som, Kojima sugeriu sua combinação única de experiências de jogo e filme.

Em seu episódio mais recente do HideoTube, Kojima expandiu esse conceito, afirmando que Physint seria um jogo em que, se alguém entrasse, poderia se assemelhar a um filme. Ele acrescentou: “Não tenho certeza até onde podemos levar isso.” O objetivo principal de Kojima para Physint é “transcender as barreiras entre filmes e videogames”, criando uma experiência imersiva que desafia distinções tradicionais. O cronograma de lançamento sugere que respostas para essa empreitada ambiciosa podem se desdobrar em um futuro distante.

Com informações de: Eurogamer


Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Notícias

1

Notícias

Rumor: Skull and Bones conta com menos de 1 milhão de jogadores

2

Notícias

Guia de Ultimate Team: Fantasia FC traz cartas com chance de até quatro upgrades

3

Notícias

Nightingale deve adicionar modo pedido pelos jogadores em breve

4

Notícias

The King of Fighters XIII chega ao Switch e ganha edição de colecionador especial

5

Notícias

Marvel’s Spider-Man 2: final do jogo poderia ter sido bem diferente