Epic Games

Epic: CEO da empresa xinga executivos da Valve em troca de e-mails

Tim Sweeney, CEO da Epic, xingou a Valve quanto aos valores cobrados a desenvolvedores

Epic Games e Valve

CEO da Epic teria trocado duras palavras com executivos da Valve

Em uma troca de e-mails encontrada pelo site GameDiscoverCo, revelada durante o processo entre a Valve e a desenvolvedora indie Wolfire, mostra que o CEO da Epic, Tim Sweeney, teve uma troca de e-mails acalorada com Gabe Newell e outros executivos da empresa.

A troca de mensagens começa com Newell, em 2017, perguntando para Sweeney se ele havia feito “algo para chateá-lo?” e referenciando uma postagem de Sean Jenkins da Valve sobre a restrição de chaves Steam fornecidas aos desenvolvedores.

Leia mais

Sweeney respondeu, em vez disso, sobre “a economia dessas taxas de plataforma de 30 por cento”, que ele descreveu como “não mais justificáveis”. Resumindo, ele disse que os benefícios de marketing da loja Steam são “muito desproporcionais às taxas”, graças à “turbulência de novos lançamentos de jogos”.

Os e-mails retornaram em 2018 após a Valve implementar uma escala móvel para o pagamento de royalties para reduzir o corte nos jogos de maior bilheteria para 25 ou mesmo 20 por cento, citando os “efeitos de rede” dos grandes jogos.

Epic Games

O CEO da Epic respondeu à situação em apoio aos desenvolvedores pequenos, mas isso tudo no contexto da disputa judicial contra a Apple. “No final desta semana, escalaremos uma conversa com a Apple na qual um governo autoritário (não a China) está exigindo que a Epic altere Fortnite no iOS ou a Apple o bloqueie, e responderemos com um memorando sobre os direitos humanos princípios que seriam violados por qualquer ação. Recusaremos e pediremos à Apple que continue a transportar o Fortnite ou que permita que a Epic o distribua diretamente aos clientes por meio de um Certificado Corporativo e aumente conforme necessário. ”

Epic Games

O executivo continuou os comentários, descontando a raiva na Valve: “Agora mesmo, seus c*****, vocês estão dizendo ao mundo que os fortes e poderosos recebem termos especiais, enquanto 30% é para os pequenos. Estamos todos preparados para uma batalha prolongada se a Apple tentar manter seu monopólio e os 30% por meio de acordos obscuros com grandes publishers para mantê-las caladas. Por que não dar a TODOS os desenvolvedores um acordo melhor? Qual seria uma maneira melhor de convencer rapidamente a Apple de que seu modelo agora é totalmente insustentável?”

Curiosamente, a mensagem foi repassada pelo COO da Valve, Scott Lynch, para ambos Gabe Newell e Erik Johnson, dizendo: “Vai chorar?”. Toda essa roupa suja foi exposta como parte de um processo entre a Valve e o desenvolvedor independente Wolfire, protocolado em 2021. O processo em andamento alega que a Valve está essencialmente fixando preços e agora chegou à ‘fase de descoberta’, significando que dados e e-mails estão sendo compartilhados.

Com informações de: Eurogamer


Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYouTubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Notícias

1

Notícias

Genshin Impact: versão 4.6 chega em 24 de abril; confira

2

Notícias

Ex-presidente da Blizzard acredita que jogos como Red Dead Redemption 2 ou God of War merecem “gorjetas”

3

Notícias

Baldur’s Gate 3: atores querem continuar trabalhando com Dungeons & Dragons

4

Notícias

Fallout 4 ganhará atualização “de nova geração” em comemoração à série do Prime Video

5

Notícias

Stellar Blade: estúdio pede para jogadores “irem com calma” na demo