Notícias

Unity demite cerca de 25% dos funcionários

Unity teria demitido cerca de 1,800 funcionários em prol de “crescimento lucrativo e a longo prazo” A Unity anunciou a...

Unity

Unity teria demitido cerca de 1,800 funcionários em prol de “crescimento lucrativo e a longo prazo”

A Unity anunciou a demissão de mais 1.800 pessoas, aproximadamente 25% de sua força de trabalho atual. Essa medida visa “posicionar” a empresa para um crescimento sustentável e lucrativo a longo prazo. As informações foram divulgadas por meio de um documento apresentado à Comissão de Valores Mobiliários (SEC), reportado pelo The Verge, que também obteve uma declaração oficial da diretora de relações-públicas da empresa, Kelly Ekins.

“Hoje, como parte do nosso processo de reestruturação delineado na Carta aos Acionistas em 9 de novembro de 2023, anunciamos que a Unity tomou a difícil decisão de implementar uma redução de pessoal, visando aproximadamente 25% de nossa força de trabalho total em todas as equipes”, afirmou Ekins. “Essa decisão foi ponderada, e expressamos nossa mais profunda gratidão àqueles afetados por sua dedicação e contribuições.”

Leia mais

Os planos de “redefinição” da Unity foram uma resposta aos resultados financeiros mistos do terceiro trimestre de 2023, agravados pela introdução problemática e posteriormente ajustada de novas taxas de execução para desenvolvedores Unity.

Unity demite 600 funcionários

O CEO interino da Unity, Jim Whitehurst, mencionou na época que a empresa estava “agindo rapidamente e esperava tomar decisões finais nas próximas semanas”, com as mudanças implementadas antes do final do primeiro trimestre de 2024.

Além das demissões, a Unity cancelou produtos, fechou escritórios e encerrou um acordo com a empresa de efeitos digitais Wētā FX, como parte dos esforços anunciados em 9 de novembro para focar no “núcleo” da empresa, destacando o Unity Editor e o modelo de taxas de execução. A empresa também expressou interesse em explorar novas abordagens de monetização e “oportunidades significativas” de crescimento, como ferramentas geradoras de “inteligência artificial”.

Unity demite 600 funcionários

Embora a última rodada de demissões da Unity tenha sido bem recebida pelos investidores até agora, as mudanças implementadas pela empresa, especialmente o novo modelo de taxas de execução, enfrentaram críticas consideráveis dos desenvolvedores.

Em setembro, várias equipes menores proeminentes, incluindo a desenvolvedora de Among Us, Innersloth, anunciaram planos de migrar para concorrentes como o motor Godot ou até mesmo criar seus próprios motores de jogo do zero. Em novembro, Whitehurst indicou que a mudança no modelo de negócios traria “benefícios mínimos em 2024”, mas que esperava um aumento conforme os clientes adotassem os novos lançamentos da empresa.

Com informações de: Rock Paper Shotgun


Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Notícias

1

Notícias

Guia de CoD: as melhores classes de fuzis de batalha no Warzone (Temporada 2)

2

Notícias

Skull and Bones: primeira temporada ganha data para começar

3

Notícias

Prince of Persia: The Lost Crown ganhará novos conteúdos e atualizações gratuitas

4

Notícias

Rumor: Skull and Bones conta com menos de 1 milhão de jogadores

5

Notícias

Guia de Ultimate Team: Fantasia FC traz cartas com chance de até quatro upgrades