Electronic Arts

Electronic Arts acredita que 50% do processo de desenvolvimento pode ser “impactado positivamente” por IA generativa

CEO da Electronic Arts acredita que IA pode ajudar no processo de desenvolvimento

Electronic Arts

Electronic Arts acredita que a IA poderá ajudar no desenvolvimento

Durante uma conferência de ganhos sobre o último trimestre da Electronic Arts, o CEO da empresa, Andrew Wilson, explicou como a IA generativa pode fazer o processo de desenvolvimento mais eficiente e que pode dar mais poder aos desenvolvedores.

“Estamos analisando como isso pode nos tornar mais eficientes, como pode fornecer mais poder aos nossos desenvolvedores e como pode devolver mais tempo a eles, permitindo que cheguem ao fundo mais rapidamente”, disse ele. “Com base em nossa avaliação inicial, acreditamos que mais de 50% de nossos processos de desenvolvimento serão impactados positivamente pelos avanços em inteligência artificial generativa.”

Leia mais

Wilson continuou a promover a tecnologia, afirmando que ela tornaria o desenvolvimento de jogos “mais eficiente” e que “passamos de conseguir criar estádios em seis meses para seis semanas”. Ele também comparou como o FIFA 23 foi lançado com 36 “ciclos de corrida”, ou animações, enquanto o EA Sports FC 24 tinha 1200.

EA Sports FC 24 Comemoração Bellingham Electronic Arts

O CEO da Electronic Arts reiterou que o uso da IA auxiliaria a empresa a construir produtos “em uma base global em um ritmo mais rápido” e permitiria aos desenvolvedores “chegarem à diversão mais rapidamente”. Ele também afirmou que “existe um desejo real entre nossos desenvolvedores de alcançar isso o mais rápido possível”.

Electronic Arts

Pode-se apenas imaginar o que um pipeline de desenvolvimento ainda mais simplificado, focado na eficiência e impulsionado pela IA significa para as pessoas que fazem jogos. Apesar dessas preocupações, Wilson afirma que a mudança não tem a intenção de “substituir o que fazemos, mas sim de complementar, aprimorar, estender e expandir a natureza do que o entretenimento interativo pode ser, da mesma forma que o YouTube fez com o cinema e a televisão tradicionais.”

Electronic Arts

Em outra parte da conferência, o CFO da Electronic Arts, Stuart Canfield destacou que as reservas líquidas de serviços ao vivo diminuíram 2% em relação ao ano anterior, totalizando US$ 5,23 bilhões, e sugeriu que o EA Sports FC e o Apex Legends continuariam a enfrentar períodos comparáveis difíceis em 2025.

No entanto, Canfield observou que isso refletia as tendências observadas pela EA no ano financeiro anterior e que a reformulação “altamente bem-sucedida” do EA Sports FC, juntamente com franquias como Madden, impulsionou o crescimento do lucro líquido em 59% em relação ao ano anterior, totalizando US$ 1,27 bilhão.

Com informações de: Games Industry.bizGamesRadar+


Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYouTubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Notícias

1

Notícias

Street Fighter 6: nova missão dá indícios do retorno de M. Bison

2

Notícias

Dragon Quest 3 HD será lançado para PlayStation 5, Xbox Series, Switch e PC

3

Notícias

Call of Duty: Black Ops 6 será lançado para a geração passada de consoles?

4

Notícias

Fortnite e Epic Games Store chegam para o iOS no Reino Unido em 2025

5

Notícias

Neil Druckmann desmente entrevista publicada pela Sony