Cyberpunk 2077

Cyberpunk 2077: sequência deve ter foco maior nas origens que o jogador escolher

Diretor narrativo da CD Projekt Red quer mudar as coisas para a sequência de Cyberpunk 2077 Cyberpunk 2, codinome Orion,...

Cyberpunk 2077

Diretor narrativo da CD Projekt Red quer mudar as coisas para a sequência de Cyberpunk 2077

Cyberpunk 2, codinome Orion, pode apresentar tramas mais amplas e ramificadas determinadas pelo caminho de vida escolhido pelo jogador, que poderia ser Marginal, Corporativo e Nômade em Cyberpunk 2077.

Em uma entrevista no Answered Podcast, o diretor narrativo da CD Projekt Red, Philipp Weber, expressou o desejo de aprimorar a influência dos rumos de vida escolhidas em futuros títulos, reconhecendo a insatisfação com a implementação no título. Atualmente envolvido no desenvolvimento do próximo jogo principal da série The Witcher, com o codinome Polaris, Weber indicou que a sequência do Cyberpunk está em estágios conceituais.

Leia mais

Weber afirmou: “Acredito que há coisas com, por exemplo, os caminhos de vida, que dão a você a promessa de poder jogar com diferentes tipos de personagens. Acho que é algo que, no futuro, é um exemplo de algo que gostaríamos de melhorar. Afinal, acredito que fizemos uma promessa que talvez no final não tenhamos realmente cumprido.”

Cyberpunk 2077 permitia aos jogadores escolherem entre diferentes origens no início, como Nômade, Corporativo ou Marginal. No entanto, rapidamente, esses caminhos convergiam para a história principal do jogo, com pouca influência nas escolhas e diálogos subsequentes.

Cyberpunk 2077 Viktor Vektor

Weber refletiu sobre essa abordagem: “O jogo começa com algo muito específico, você pode ser um Nômade, um Corpo, um Marginal, mas às vezes isso se afasta um pouco. Nós juntamos tudo. Às vezes você pode fazer isso. Como designer de missões, acho que, olhando retrospectivamente, podemos ver o antigo tópico, com mais experiência, com mais tempo, acho que talvez o teríamos feito um pouco menos confuso do que fizemos lá.”

Cyberpunk 2077

Błażej Augustynek, o principal designer de missões em Polaris, que também trabalhou no Cyberpunk 2077, compartilhou uma perspectiva sobre a importância dos caminhos de vida no último jogo: “Acredito que com as origens, é a vida que você leva como V. Então, seja lá o que você costumava fazer, há um momento claro em que tudo desmorona, certo? E você começa uma nova vida com o Jackie. Obviamente, gostaríamos que isso importasse mais, mas acho que da maneira como está agora, você vem de um certo tipo de vida. E essa vida acabou. Está no passado e agora você está vivendo essa nova vida que termina, spoiler, no prólogo, e depois precisa lidar com as consequências.”

Atualmente, a sequência do Cyberpunk 2077 está nas fases iniciais de desenvolvimento.

Com informações de: IGN


Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Cyberpunk 2077

1

Cyberpunk 2077

Cyberpunk 2077: missão de Phantom Liberty foi inspirada em O Senhor dos Anéis

2

Cyberpunk 2077

Cyberpunk 2077: CEO da CD Projekt finalmente “está feliz” com o jogo

3

Cyberpunk 2077

Cyberpunk 2077: diretor de quests diz que CD Projekt Red testou IA generativa, mas ainda falta muito para chegar próximo de NPCs feitos por humanos

4

Cyberpunk 2077

Cyberpunk 2077: diretor diz que jogo está “finalizado”, mas deve receber atualizações menores

5

Cyberpunk 2077

Cyberpunk 2077: sequência está em desenvolvimento e diretor diz que o primeiro jogo “foi só um aquecimento”