Games

Microsoft Activision
Games

Microsoft pode sofrer nova investigação sobre aquisição da Activision

Órgão regulador do Reino Unido alerta para uma possível nova complicação para a Microsoft. A novela Activision e Microsoft pode ganhar mais um capítulo em breve. A novidade da vez veio da CMA (Competition and Markets Authority), órgão do Reino Unido responsável pelas regulamentações de mercado,  que declarou que a proposta de aquisição pela fabricante do Xbox pode "levar a uma nova investigação de fusão".

Pedro Scapin •
12/07/2023 às 15h02, atualizado há um ano

Órgão regulador do Reino Unido alerta para uma possível nova complicação para a Microsoft.

A novela Activision e Microsoft pode ganhar mais um capítulo em breve. A novidade da vez veio da CMA (Competition and Markets Authority), órgão do Reino Unido responsável pelas regulamentações de mercado,  que declarou que a proposta de aquisição pela fabricante do Xbox pode “levar a uma nova investigação de fusão”.

Leia mais:

Em uma declaração oficial ao site The Verge, Billy Proudlock, chefe de mídias da CMA, alerta que as discussões com a Microsoft ainda estão em um estágio inicial:

“Ainda que as partes não tenham a oportunidade de apresentar novas soluções uma vez que o relatório final seja expedido, elas podem escolher por estruturar um acordo, o que pode levar a uma nova investigação de fusão. A Microsoft e a Activision indicaram que estão considerando como a transação possa ser modificada, e a CMA está preparada para interagir com eles nestas bases. Estas discussões permanecem em um estágio inicial, e a natureza e o timing dos próximos passos serão determinados ao longo do caminho. Ainda que ambas as partes tenham solicitado uma pausa no apelo da Microsoft para permitir que estas discussões aconteçam, a decisão da CMA, enviada no relatório final, permanece”, declarou Proudlock.

A CMA havia bloqueado o negócio no início de 2023, expressando preocupações com relação ao serviço de nuvem, mas, agora, ambos os lados estão dispostos a negociar depois da decisão judicial a favor da fusão, na última terça-feira (11).

Microsoft

A CMA deixou claro que a Microsoft não poderá depender de soluções comportamentais adicionais. O órgão havia se mostrado favorável anteriormente a uma resolução estrutural para o lado dos consoles, antes de se decidir contra e bloquear o negócio por completo devido ao cenário dos jogos em nuvem.

De acordo com uma matéria de ontem do CNBC, a Microsoft e a CMA concordaram em uma “pequena resignação” para atender aos pontos de atenção sobre jogos na nuvem. A CNBC não detalhou o que essa resignação poderia envolver, mas é provável que seja algo específico para o Reino Unido e aos serviços de nuvem do Xbox na região.

Outros órgãos reguladores da União Europeia também se mostraram preocupados com a situação de jogos na nuvem, mas aprovaram o negócio devido a um acordo de licenças válido por 10 anos que a Microsoft ofereceu aos concorrentes no setor.

Com informações de: The Verge


Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

Últimos Arena Shorts

Se liga no DROPS! 🔥

A Microsoft agora revelou que Wolverine também receberá um controle de Xbox temático do filme.

🌪️ aspas se torna o 1º bicampeão do VCT Americas! 🏆🏆

O MELHOR JEITO DE COMEÇAR O DIA É COM DROPS! ☀

Bom dia com DROPS! Para começar o dia com as news quentinhas! 🔥🎮

Betnacional - A Bet do Galvão, do Thiaguinho e do Brasil

Mais sobre Games

  • Análise Game Arena

  • Card Games

  • Colunas

  • Free Fire

Betnacional - A Bet do Galvão, do Thiaguinho e do Brasil