Fliperamas

Jogos De Fliperama: Reviva a Nostalgia do Arcade

Descubra como reviver a emoção dos fliperamas em sua própria casa. Conheça os melhores jogos de fliperama e transforme sua diversão em uma verdadeira máquina de nostalgia.

Jogos De Fliperama: Reviva a Nostalgia do Arcade

Os jogos de fliperama fazem parte da história dos games, sendo a base para tudo o que existe hoje. Sejam os Pinballs, Pong, PacMan ou Donkey Kong, os gabinetes marcaram gerações de jogadores, especialmente entre os anos 80 e 90.

Ainda hoje, é possível encontrar jogos de fliperama  em espaços específicos, como playhouses de shopping centers, feiras e eventos especiais, ou até mesmo em versões artesanais em sua loja ou barbearia favorita.

Claro, os consoles acabaram tomando o espaço dos fliperamas, seja pela praticidade ou custo. Inclusives, existem centenas de ports de jogos clássicos dos arcades das antigas para plataformas modernas como PlayStation, Xbox e Nintendo Switch.

A Capcom e Konami que o digam, com suas coletâneas marcantes de beat em’ups como Capcom Fighting Collection, TMNT Collection e outros. A própria Atari entrou na brincadeira, trazendo a Atari 50, uma coleção comemorativa de 50 anos com os grandes títulos da fabricante.

Jogos de Fliperama
Pessoas costumavam se reunir em locais para jogar… (Imagem/Reprodução: Gizmondo)

Mas existem aqueles que querem ir mais além. São fãs apaixonados que desejam reviver ao máximo a experiência dos jogos de fliperama do passado, com seus gabinetes, controles, botões, ficheiros e tantos itens que tornavam as máquinas tão especiais e apaixonantes.

É a vontade de reviver o passado aliada ao sentimento de posse de algo que, no passado (e na infância da maioria), era algo impossível de ser alcançado. Ter uma máquina de fliperama em casa!

Um popularidade do passado que vive nos corações de muitos

A Era de Ouro dos Jogos Arcades começou mesmo em 1978, quando Space Invaders invadiu os Arcades nos Estados Unidos. Antes, os espaços abrigavam máquinas de pinball, bilhar, brincadeiras como arremesso de bolas, bate-bate e outras atividades.

Mas nada igual aos jogos de fliperama.

Depois de Space Invaders, surgiram outros arrasa-quarteirões como Pac-Man (1980), Warlords (1980), Donkey Kong (1981), Frogger (1981) e Galaga (1981).

Infelizmente, os jogos de fliperama sofreram com o Crash dos Videogames em 1983, quando a Atari amargou prejuízos estratosféricos tanto para eles quanto para lojistas, derrubando a popularidade dos videogames.

Mas isso ficou concentrado no Ocidente. O Japão seguiu desenvolvendo grandes clássicos como Street Fighter, Double Dragon, Altered Beast, Out Run, Golden Axe e muitos outros. Podemos dizer que o mercado japonês salvou os jogos de fliperama.

Jogos de Fliperama Double Dragon
Mesmo com versões para console da época, Double Dragon era muito superior em sua versão de arcade

Em diversos países, inclusive no Brasil, os anos 90 foram marcados por jogos de fliperama incríveis, dificilmente replicáveis em sua perfeição nos consoles de mesa da época.

Os principais exemplos são com os jogos de luta como Street Fighter, Fatal Fury, The King of Fighters e tantos outros. Dificilmente um SNES, Mega Drive ou PlayStation conseguiriam trazer um grande AAA dos fliperamas para o conforto de sua casa com a perfeição dos arcades.

Claro, o tempo passou, os consoles caseiros se modernizaram e nos anos 2000 vimos a decadência dos arcades. Apesar da tentativa das desenvolvedoras entrarem na onda da modernização dos seus jogos de fliperama, o custo era alto demais e o retorno não era tão grande quanto aquele obtido com a venda de jogos para videogames de mesa.

Jogos de Fliperama
As próprias desenvolvedoras como Capcom e Konami relançaram versões limitadas de seus arcades na atualidade

Assim, os fliperamas voltaram a ocupar salões de festas para crianças, servindo como um acessório a mais para aquela festinha de aniversário. Mas o amor dos fãs seguiu forte, e diversas opções de personalização de jogos de fliperama para o conforto do lar foram criadas.

LEIA MAIS

Tenha seus jogos de fliperamas favoritos no conforto de seu lar

Ok, aqui chegamos na parte interessante para os mais saudosistas. No passado, uma máquina de fliperama era muito cara, custando o preço de um carro popular ou moto. Mas isso mudou. Hoje, é possível obter ou construir sua própria máquina de jogos caseira, sendo versátil e prática, não devendo nada para os gabinetes do passado.

E o melhor, com a opção de múltiplos jogos.

É possível encontrar diversos modelos de fliperamas na internet, muitos utilizando monitores de 20 ou 27 polegadas ficavam no chão ou aqueles pequenos conhecidos como bar top e que servem para ficar em cima da mesa ou de um balcão.

Fliperama
Existem diversas opções e modelos para fabricação e compra

Também existe a opção do fliperama caseiro plug e play, onde um gabinete portátil com 2 joysticks é montado com uma placa de raspberry pi com um hdmi para ligar em qualquer TV ou monitor moderno. 

Independente do modelo, a maioria destas máquinas trazem milhares de jogos de fliperama via emulação. Inclusive, emulam até consoles de mesa do passado como Mega Drive, SNES, Nintendo e tantos outros.

Sites como Mercado Livre, Aliexpress e Shoppe estão recheados de opções para todos os tipos, gostos e preços. Caso não queira gastar muito, pode adquirir uma das muitas boxes android que também possuem jogos na memória.

Também existem opções OFICIAIS de sites com centenas de jogos como o Internet Arcade, que traz uma vasta coletânea de títulos para jogar em seu navegador de maneira oficial e gratuita.

Mas se você é daqueles que gosta de meter a mão na massa, vamos lá.

O que preciso para montar meu próprio fliperama

Aqui vai a lista de itens indispensáveis para você que deseja montar sua própria máquina.

1 – Monitor

A tela do seu monitor definirá o tamanho do seu gabinete, então escolha com atenção. PAra trabalhar de maneira mais prática e simples, o recomendado são os monitores de 14 a 17 polegadas, para uma semelhança maior com os modelos antigos.

Mas as versões de 20 e 27 também são muito usadas, mas precisam de mais material e mão de obra para a execução.

2 – A máquina (CPU)

Uma placa Raspberry é facilmente encontrada em sites de vendas

Computadores menos potentes como Dual Core com 2 gigas de memória ram já funcionam para rodar a maioria dos jogos. Mas existem opções bem mais simples como raspberry pi 4, mas necessitam de uma atenção maior na instalação.

3 – Botões

Botões Arcade Original 2nd Impact 8 Peças Silent Outemu | Frete grátis

Este item é vendido aos montes no Mercado Livre, com a grande maioria seguindo o padrão de 6 botões Sanwa. Cada um custa em média 7 a 10 reais, sendo utilizados para start, select e padrão A, B, C e D.

4 – Manchete (Joystick)

Nossa querida alavanca de movimentação, com padrões como o americano e japonês. A média é entre 80 e 200 reais, dependendo da qualidade. Mas existem opções de compra com as alavancas e botões, o que torna a aquisição das peças principais menos trabalhosa.

5 – Conectores de USB

Placa de conversão USB Joystick (Mercado Livre)

Seja notebook, netbook, PC ou raspberry, você precisará de uma placa para a interface USB com os controles, transmitindo os sinais USB apropriados durante a jogatina. Existem diversas opções no mercado, mas dê preferência as mais conhecidas.

6  – Madeira e ferragens

As placas de madeira MDF são sempre as melhores opções. De acordo com seu projeto, você escolherá o tamanho de cada placa e o tipo de corte. Os valores também variam bastante neste item, dependendo principalmente da qualidade do material.

Já as ferragens, opte por parafusos com mais ou menos 30mm e alguns de 20mm. Não esqueça também das cantoneiras que vão reforçar a estrutura, Opte também pelo uso de dobradiças para as tampa ou fundo do arcade, que serão levantadas para manutenções pontuais

7 – Material elétrico

Com a estrutura montada, basta utilizar um filtro de linha ou régua de qualidade para ligar tudo dentro do gabinete e mandar uma única tomada saindo dele. Lembre-se, sempre escolha um item de qualidade nesse caso.

Senão, o barato pode sair caro e o projeto ficar inviabilizado pelo uso de um filtro de linha de baixa qualidade.

8 – Pés, calços e suportes

Caso seja uma máquina pequena e de mesa, os calços em EVA são as melhores opções, custando entre 5 e 10 reais o pacote. Para gabinetes de chão ou maiores, opte por Pés ou suportes de móveis. Existem dezenas de opções no mercado, nos mais variados tipos.

9 – Vinil ou pintura

Aqui vai da criatividade de cada um. O vinil Contact é uma opção prática, com 2 metros do material custando em torno de 100 reais. A cor vai da preferencial do cliente.

Você também pode contratar uma gráfica para confecionar sua própria folha vinil ou adesivo, para aplicação direto na máquina. É bem trabalhoso, sendo que recomendamos a contratação de um profissional para a aplicação.

10 – Mãos a obra

Com isso em mãos, você pode seguir vários tutoriais disponíveis para montar seu próprio arcade e jogar seus jogos de fliperama favoritos no conforto do seu lar.

Segue abaixo alguns links:

Então é isso. Existem diferentes formas e opções para curtir seus jogos de fliperama no conforto do seu lar ou naquela festa com seus amigos. Não se acanhe e reviva os clássicos do passado, pois a magia dos arcades durará para sempre.

*Com informações do Mercado Livre, Faça Você Mesmo e Shopee


Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Games

1

Games

Guia de CoD: as melhores classes de fuzis de batalha no Warzone (Temporada 2)

2

Games

Skull and Bones: primeira temporada ganha data para começar

3

Games

Prince of Persia: The Lost Crown ganhará novos conteúdos e atualizações gratuitas

4

Games

Rumor: Skull and Bones conta com menos de 1 milhão de jogadores

5

Games

Guia de Ultimate Team: Fantasia FC traz cartas com chance de até quatro upgrades