Colunas

Hunter x Hunter Nen x Impact precisa ser bom, pelo bem dos jogos de anime

Jogo de Hunter x Hunter precisa ser mais um sucesso para nos salvar das arenas 3D No dia 6 de...

Hunter x Hunter Nen x Impact precisa ser bom, pelo bem dos jogos de anime

Jogo de Hunter x Hunter precisa ser mais um sucesso para nos salvar das arenas 3D

No dia 6 de janeiro, foi revelado que o mangá de Yoshihiro Togashi receberá um jogo de luta. Chamado de Hunter x Hunter Nen x Impact, o título será desenvolvido pela Bushiroad Games e Eighting, responsável por Marvel vs Cpacom 3.

No entanto, o título baseado em um dos maiores clássicos do mangás tem um dever que talvez o próprio estúdio não saiba. Nen x Impact tem uma missão mais difícil do que convencer Ging a ser um pai presente para Gon: salvar o gênero de jogos de anime do formato de arena 3D.

Leia mais

O vazio inexplicável dos Arena Fighters

Já comentei durante o anúncio de Jujutsu Kaisen Cursed Clash, como boa parte dos jogos de anime estão parecendo idênticos. Como esse barco já partiu para os membros da Escola Jujutsu, precisamos torcer que nossos queridos caçadores consigam fugir da mesma jogabilidade que embalou a franquia Ninja Storm de Naruto.

Precisamos destacar que boa parte desses jogos tem um orçamento muito baixo, e a expectativa de vendas é sempre baixa para um jogo licenciado. No entanto, justamente pelas expectativas estarem lá no chão, que os títulos acabam indo para o que funciona sempre.

Hunter x Hunter

Para título de comparação, os dois jogos baseados em My Hero Academia, venderam cerca de 2.5 milhões de unidades combinados. Para um título claramente de baixo orçamento, a dupla consegue um retorno satisfatório em números para a Bandai Namco. No entanto, a qualidade não corresponde a obra de Kohei Horikoshi.

Hinokami Chronicles Hunter x Hunter

No entanto, até mesmo os que não aparentam ter baixo orçamento, acabam soando como repeteco. Hinokami Chronicles, jogo de luta de Demon Slayer, é inclusive feito pela CyberConnect2, mesma criadora da franquia Ninja Storm e a equipe que popularizou esse formato.

Sucesso garantido? Nem um pouco. O jogo foi caro, sem muita inspiração no modo história, e continua como um repeteco de tudo o que vimos em vários outros títulos baseados em anime. Uma das principais franquias recentes dos animes deveria assegurar o sucesso, mas Hinokami Chronicles logo foi esquecido.

Dragon Ball FighterZ está logo ali

Por mais que já tenha ficado um pouco morno, FighterZ continua como um excelente jogo de luta, e foi durante um bom tempo uma força competitiva, aparecendo na EVO e trazendo grandes embates entre os principais nomes da FGC.

O principal motivo pelo qual o jogo estar lá, não é só pela fidelidade ao recriar os momentos marcantes do anime, mas sim por ser realmente bom. FighterZ é frenético, bem balanceado, com uma gama enorme de personagens e consegue ser um título extremamente competitivo.

HUNTER×HUNTER NEN×IMPACT

Hunter x Hunter Nen x Impact tem a chance de ser mais um título baseado em anime a conseguir furar a bolha de ficar no nicho dos fãs da obra de Yoshihiro Togashi, e se tornar um expoente no cenário competitivo, e conseguir uma longevidade bem maior do que conseguiria normalmente.

Salvem os jogos baseados em anime

Apesar de não achar ruim e gostar bastante dos jogos da franquia Ninja Storm, está mais do que na hora de deixar esse estilo de jogabilidade morrer. Existem muitas possibilidades do que se fazer com propriedades intelectuais maravilhosas nas mãos das publishers, sendo um pecado simplificar tudo em Arena Fighters.

Jogos de Anime

My Hero Academia, Jujutsu Kaisen, Demon Slayer, uma série de animes badalados e que conseguiram a atenção da galera, acabaram recebendo uma roupagem genérica e que não tem mais o mesmo brilho de dez anos atrás, quando ainda era uma novidade.

Jujutsu Kaisen Cursed Clash

Sabemos que os jogos vão vender, principalmente pelo baixo orçamento e com o hype lá em cima, Jujutsu Kaisen Cursed Clash vai ser um sucesso para a Bandai Namco, por mais que saibamos que não será um título que corresponderá a obra de Gege Akutami.

Hunter x Hunter Nen x Impact tem a possibilidade de fugir dessa maldição e entregar um jogo de luta completo, complexo, com trocas entre os personagens, estilos de luta diferente em um cenário limitado, sem precisar ficar preso na mesma fórmula de bonecos voando no ar e trocando de posição.

Nas mãos de quem entende

Hunter x Hunter Nen x Impact está nas mãos dos desenvolvedores de Marvel vs Capcom 3, e isso chega a dar um grande alívio, principalmente se formos pensar que o estúdio provavelmente focará em um combate diferente do que vimos em outros títulos baseados em anime.

HUNTER×HUNTER NEN×IMPACT

Caso Hunter x Hunter Nen x Impact seja próximo do que vimos em Marvel vs Capcom 3 ou até mesmo em Dragon Ball FigherZ, existem grandes chances do jogo ser bom, e isso é um tremendo alívio para quem gosta da obra de Yoshihiro Togashi.

Um anime tão bom quanto Hunter x Hunter não merece um produto genérico atrelado ao seu nome, e os fãs também não merecem jogar uma cópia do que está disponível no mercado, aos montes. Em uma época em que se gostar de videogame é cada vez mais caro, é sempre um alívio ver quando algo que gostamos, terá uma adaptação digna.

Por mais que ainda seja cedo cravar como será Hunter x Hunter Nen x Impact, esperamos que, pelo menos, ele seja diferente dos demais. Pelo bem do próprio jogo e também da indústria. Está mais do que na hora de romper os grilhões e libertar os animes dos Arena Fighters.

Hunter x Hunter Nen x Impact ainda não tem data e plataformas reveladas.


Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Colunas

1

Colunas

Guia de Ultimate Team: Fantasia FC traz cartas com chance de até quatro upgrades

2

Colunas

Guia de Ultimate Team: TOTW 23 traz dupla de ótimas cartas de brasileiros

3

Colunas

Guia de Ultimate Team: os destaques do Craques do Futuro Time 2

4

Colunas

Xbox: vale a pena lançar jogos exclusivos em consoles rivais?

5

Colunas

Guia de CoD: as melhores classes de LMGs no Warzone (Temporada 2)