Final Fantasy XIV

Final Fantasy XIV: Diretor e produtor Yoshi-P revela detalhes sobre o desenvolvimento do MMORPG

Yoshi-P foi entrevistado por Shota Shimoda, ex-Square Enix e colaborador de Final Fantasy XIV

Final Fantasy XIV: Diretor e produtor Yoshi-P revela detalhes sobre o desenvolvimento do MMORPG

Chegando em breve ao Xbox Series, Final Fantasy XIV está em destaque pela longevidade e permanente relevância entre os fãs de JRPGS e MMORPGs. Um dos atuais responsáveis pelo sucesso do título é Naoki Yoshida (conhecido também como Yoshi-P).

O atual produtor de Final Fantasy XIV entrou em relevância nos últimos anos ao, primeiro, assumir o cargo em seu trabalho à frente da Square Enix. Em segundo, por ser o grande responsável por Final Fantasy XVI.

Final Fantasy XIV: Prodtuor e diretor Yoshi-P

Durante uma entrevista recente ao site Famitsu, o produtor de FFXIV conversou com Shota Shimoda sobre seu trabalho na Square Enix e sua experiência no desenvolvimento do MMO.

Sobre o entrevistador, Shota Shimoda é um membro fundador do estúdio WFS, e ex-produtor, planejador e diretor da Square Enix, atuando em jogos como Final Fantasy XII. Ele também trabalhou ao lado de Yoshi-P, e atualmente supervisiona o desenvolvimento de Heaven Burns Red.

Segundo Yoshi-P, durante o desenvolvimento de Final Fantasy XIV: A Realm Reborn, ele não queria ser rotulado em um único papel.

Assim, ele “partiu para a ação” e decidiu tomar uma abordagem muito prática, evitando que a equipe se tornasse muito dividida.

Com isso, ele se envolveu diretamente em todos os processos criativos do MMO, desde a criação de cenários até gravação de trilha sonoras do jogo. Yoshi-P confessa que realmente ama o que faz e faria tudo novamente caso fosse necessário.

Durante o bate-papo, o entrevistador Shota Shimoda também revelou que durante a mudança de liderança para FFXIV, o compositor e engenheiro de som Masayoshi Soken estava pensando em deixar a Square Enix.

Yoshi-P confirmou que foi graças a Shimoda colocando ambos os desenvolvedores em contato que Soken permaneceu ligado ao projeto. Yoshi-P disse que, embora Shimoda não tenha trabalhado junto com ele no FFXIV, sua contribuição foi fundamental para o sucesso do game nos anos seguintes.

Leia mais

Além de Final Fantasy XIV, Yoshi-P deseja trabalhar em outro grande título da Square Enix.

Yoshi-P afirma que não se sente “velho o suficiente” para ser colocado em posição de confiar apenas no trabalho dos outros. O desenvolvedor acrescentou que foi essa mentalidade “pro-ativa” que lhe permitiu sobreviver como produtor e diretor da FFXIV.

Além disso, Yoshi-P afirma que seu trabalho junto a Square Enix segue firme, e deseja continuar trabalhando em “jogos grandes” da empresa. Segundo ele, o trabalho em Final Fantasy XIV e XVI foi “árduo”, mas extremamente gratificante.

O produtor então revela que tem interesse em trabalhar em outro grande projeto antes de se aposentar definitivamente. Lembrando que ele já trabalhou como produtor e diretor em outro sucesso da Square Enix além da franquia FF. Yoshi-P trabalhou por anos como chefe de produção de Dragon Quest X, outro MMO da empresa.

Só lembrando, Final Fantasy XIV está disponível para PlayStation 4, PS5 e PC, com a versão Xbox Series X chegando no dia 21 de março de 2024. A nova expansão Dawntrail está prevista para o segundo semestre de 2024.

*Com informações e imagens dos sites Siliconera, Games Radar e Famitsu


Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterInstagramTik TokFacebook Kwai

COMPARTILHE

Bombando em Games

1

Games

Elden Ring: Shadow of the Erdtree receberá novo trailer nesta terça-feira (21); veja como assistir

2

Games

V Rising ganha data de lançamento para PlayStation 5

3

Games

Ninja Theory: próximo jogo do estúdio já estaria aprovado, segundo rumores

4

Games

Nintendo compra a Shiver Entertainment

5

Games

Review | Senua’s Saga: Hellblade II – A jornada pela crueldade do mundo e perturbação da mente continua