Cyberpunk 2077

Cyberpunk 2077: adaptação em live-action ainda deve demorar bastante

Anunciado neste ano, o novo projeto de Cyberpunk 2077 não tem muitos detalhes divulgados A CD Projekt RED confirmou, nesta...

Johnny Silverhand Cyberpunk 2077

Anunciado neste ano, o novo projeto de Cyberpunk 2077 não tem muitos detalhes divulgados

A CD Projekt RED confirmou, nesta terça-feira (28), que a aguardada adaptação em live-action de Cyberpunk 2077 não será lançada antes de 2025.

Leia mais:

A notícia foi confirmada pelo diretor comercial da CD Projekt RED, Michał Nowakowski, durante a mais recente apresentação de resultados para investidores do estúdio.

“Não estamos realmente discutindo detalhes aqui, mas uma das coisas óbvias que anunciamos, que não acontecerá no próximo ano, mas que será desenvolvida ou movida na direção no próximo ano, é o projeto que anunciamos com a Anonymous Content.”, comentou Nowakowski.

Muito pouco se sabe sobre o live-action de Cyberpunk 2077, que foi anunciado muito recentemente, em outubro deste ano, sem detalhes se será um filme, uma série, ou algo além.

APROVEITE PARA CONFERIR OS VÍDEOS E O CANAL DO YOUTUBE DA GAME ARENA. NESTE VÍDEO, FAÇO UM REVIEW DE SUPER MARIO BROS. WONDER:


Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Cyberpunk 2077

1

Cyberpunk 2077

Cyberpunk 2077: missão de Phantom Liberty foi inspirada em O Senhor dos Anéis

2

Cyberpunk 2077

Cyberpunk 2077: CEO da CD Projekt finalmente “está feliz” com o jogo

3

Cyberpunk 2077

Cyberpunk 2077: diretor de quests diz que CD Projekt Red testou IA generativa, mas ainda falta muito para chegar próximo de NPCs feitos por humanos

4

Cyberpunk 2077

Cyberpunk 2077: diretor diz que jogo está “finalizado”, mas deve receber atualizações menores

5

Cyberpunk 2077

Cyberpunk 2077: sequência está em desenvolvimento e diretor diz que o primeiro jogo “foi só um aquecimento”