Grande final

VCT Americas: 100 THIEVES garante primeiro título do torneio

Equipes da grande final também garantem vaga no Masters de 2024

VCT Americas: 100 THIEVES garante primeiro título do torneio

Imagem: reprodução/Riot Games

A grande final da primeira temporada de 2024 do VCT Americas (VALORANT Champions Tour) recebeu o último confronto do campeonato na noite deste domingo (12), em que G2 Esports e 100 THIEVES disputaram o título.

Escolha dos ladrões, Bind, foi benéfica para a equipe, que conseguiu virar o jogo depois do half, fechando o primeiro mapa da série melhor de cinco partidas (MD5) em 13 a 9, e saindo na frente do placar após uma vitória equilibrada.

A segunda disputa se deu na Breeze, pick da G2, que saiu na vantagem antes do half, mas, pelo mesmo placar, acabou perdendo. O norte-americano Boostio foi o destaque da segunda vitória da 100 THIEVES, que agora precisavam ganhar apenas mais um game para se sagrar campeã.

Na zona de conforto em seu mapa de escolha, a 100 THIEVES conseguiu garantir a vitória na Lotus por 13 a 8, após ter dificuldades para garantir a rodada vitoriosa. Desta forma, fechou a série em 3 a 0 e, pela primeira vez, deu o grito de campeão no VCT Americas.

 

LEIA MAIS

 

O próximo compromisso da vitoriosa, a vice-campeã e o terceiro lugar está logo ali! O VCT Masters Shanghai é o próximo campeonato oficial da Riot Games de VALORANT e tem duração entre 23 de maio a 9 de junho de 2024.


Se você gostou deste conteúdo em texto, veja também nossos vídeos. Neste aqui, lembramos as seis jogadas mais inacreditáveis do VALORANT, confira:

Acompanhe a Game Arena nas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Valorant

1

Valorant

VALORANT: “falhei como líder com ele”, diz Saadhak sobre qck

2

Valorant

VALORANT: aspas já está em Shanghai para disputar Masters

3

Valorant

VALORANT: os melhores memes de paNcada na LOUD

4

Valorant

VALORANT: sem multa, qck está aberto a negociações

5

Valorant

“Que o amor das pessoas comece a ser um pouco mais notável”, aborda Maah Lopez em documentário