Motivo nobre

VALORANT: “VCB mil vezes”, diz Daiki entre ser campeã mundial do inclusivo e disputar VCB

Jogadora profissional explicou o sonho de disputar a liga principal

VALORANT: "VCB mil vezes", diz Daiki entre ser campeã mundial do inclusivo e disputar VCB

Foto: reprodução/Riot Games

Durante uma entrevista publicada nesta quinta-feira (22), Daiki, da Team Liquid, disse que prefere apenas disputar um VCB (VALORANT Challengers Brazil) do que ser campeã mundial do cenário inclusivo de VALORANT.

A capitã da cavalaria participou do Sem Dodge, programa do caster Gustavo Melão e foi questionada sobre o que preferia: classificar para o VCB ou ser campeã do VCT Game Changers Championship (VALORANT Champions Tour), mundial inclusivo.

Com foco em melhorar como jogadora profissional, Daiki respondeu que escolheria enfrentar adversários no campeonato brasileiro misto e explicou a decisão.

“O VCB, mil vezes. Eu não preciso nem pensar. Isso que é foda porque quando você pensa em cenário inclusivo e tudo mais… é mais sobre você dar oportunidade para pessoas do que você realmente jogar o VALORANT, tipo: caralho!”

 

“Porque a gente tem a liga principal e a gente tem o Game Changers. O meu sonho, não como mulher, como jogadora… e como mulher também, para quebrar barreiras…”

 

“Como jogador, qualquer jogador quer estar na liga principal e ser um dos melhores da liga principal com o melhor time da liga principal”, conta.

LEIA MAIS:

 

A capitã também levantou um ponto importante sobre outras mulheres que estão na disputa do Game Changers e que desejam ser a melhores do cenário inclusivo. Porém, ressaltou que está em um momento diferente de sua carreira atualmente.

 

“Eu acho que é um ótimo sonho, é super válido alguma menina querer estar top 1 do Game Changers. Eu acho que isso é um começo, assim como o meu começo era classficair para o closed.”

“Eu acho que são apenas… não sei, ambições diferentes. Eu cheguei em um momento que eu como jogadora, eu quero estar no VCB, eu quero ser uma das melhores do VCB”, explica.

 

A Team Liquid foi a primeira equipe do inclusivo que garantiu vaga no qualificatório fechado do VCB, mudando a história do competitivo de VALORANT no país para sempre. Aparentemente, foi apenas o primeiro passo do elenco.


Se você gostou deste conteúdo, veja também nossos vídeos. Neste aqui, entrevistamos bzkA, treinador de VALORANT do MIBR, confira:

Acompanhe a Game Arena nas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Valorant

1

Valorant

VALORANT: Sacy monta jogador perfeito, veja

2

Valorant

VCT Americas: 3 brasileiros aparecem no top 10 do torneio

3

Valorant

VALORANT: Nozwerr previu derrota da FURIA na estreia

4

Valorant

VALORANT: e quando a vice-campeã é destaque?

5

Valorant

VCT Américas: times do grupo Ômega perdem na estreia