Valorant

VALORANT: time que eliminou The Union venceu 142 jogos em 2023

Pela semifinal do VALORANT Challengers Ascension 2023: Americas, a equipe brasileira The Union foi eliminada do torneio pelos canadenses da...

VALORANT: time que eliminou The Union venceu 142 jogos em 2023

Foto: Reprodução/Riot Games

Pela semifinal do VALORANT Challengers Ascension 2023: Americas, a equipe brasileira The Union foi eliminada do torneio pelos canadenses da M80 neste sábado (08). O resultado até então surpreendente para a torcida tupiniquim, é mais uma das conquistas do time que coleciona quase 150 vitórias apenas neste ano.

Vivendo uma boa fase nos torneios, os brasileiros viram seu sonho de classificação para a liga americana de 2024 e 2025 ser abandonado ao serem desqualificados por um elenco que começou a competir no cenário há pouco mais de três meses. A organização, que foi criada no fim de dezembro de 2022, foi participar pela primeira vez de um campeonato oficial da Riot Games no início deste ano e chegou mostrando que veio para ficar. Somente em 2023, a line-up foi capaz de garantir o recorde de 142 vitórias e sofreu apenas 47 derrotas nas séries em que jogou, segundo dados retirados do ranking do VLR.gg.

Foto: Reprodução/VLR.gg.

 

Os brasileiros da The Union também apresentaram uma campanha positiva no Ascension, garantindo o topo da fase de grupos ao vencer por 2 a 0 dos canadenses, e foi uma senhora vitória: 13 a 7 na Fracture e 17 a 15 na Pearl. A semi mostrou que literalmente o jogo virou na Lotus por 13 a 5 e na Fracture por 13 a 3, desta vez, para a M80, que garantiu vaga na final, saindo como vice-campeões do VALORANT Challengers Ascension 2023: Americas.

Pensando que a M80 conta com um histórico curto e de sucesso na modalidade, a derrota brasileira começa a fazer um pouco mais de sentido. Com pro players que integram o cenário desde 2020, ano de início do cenário do VALORANT, a organização norte-americana brilhou no primeiro split da América do Norte do VALORANT Challengers 2023 ao garantir o primeiro lugar em cima da The Guard e qualificação para o Face Off, torneio mid season.

 

LEIA MAIS:

 

Na fase de grupos, perdeu apenas uma vez, vencendo outras quatro e liderando a tabela. Nos playoffs, o elenco não perdeu nenhum confronto, garantindo vitória em quatro séries e, consecutivamente, o troféu e a premiação de quase R$ 54 mil reais. Ou seja, a M80 foi campeã duas vezes em menos de um mês da sua estréia.

Na temporada seguinte, o elenco novamente conseguiu se manter no topo, ocupando o primeiro lugar da fase de grupos do Challengers e repetindo um feito: quatro vitórias e um revés. Os pro players canadenses não conseguiram manter o ritmo no terceiro campeonato que jogaram; o time acabou levando a premiação do terceiro lugar da competição. Os bons resultados renderam uma pontuação positiva no Circuito de Pontos da modalidade, os levando para terras brasileiras para jogar o Ascension.

Com os resultados deste domingo (09), em que a The Guard foi campeã da série melhor de cinco partidas (MD5), a line-up agora fará parte da Liga das Américas nos próximos dois anos. Vale lembrar que ambos campeonatos integram o VALORANT Champions Tour (VCT) e são classificados como Tier S; considerado a elite do VALORANT, com as maiores premiações da modalidade.

 

Se você gostou do nosso conteúdo em texto, pode curtir também nossos vídeos. Neste, conversamos com pro players de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) e descobrimos quem é o melhor jogador da modalidade. Confira:

Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

 

 

 

COMPARTILHE

Bombando em Valorant

1

Valorant

VALORANT: MIBR anuncia chegada de trio

2

Valorant

VALORANT: 10 vagas no Game Changers são o suficiente?

3

Valorant

VALORANT: Troll ou gênio? Streamer brasileiro joga comp em tapete de dança

4

Valorant

VALORANT: LOUD anuncia retorno de pANcada

5

Valorant

VALORANT: RJ recebe torneio inclusivo presencial com R$ 20 mil em premiação