Esports

Programa da ESWC pode financiar projetos de 6 dígitos para FURIA, LOUD e mais

"Bolsa" da ESWC tem como objetivo financiar equipes para novas atividades no esporte eletrõnico

Programa da ESWC pode financiar projetos de 6 dígitos para FURIA, LOUD e mais

Foto: Divulgação/FURIA

A FURIA e a LOUD estão entre as 30 equipes selecionadas para integrar o Programa de Apoio a Clubes da Fundação da Copa do Mundo de Esports (EWCF). O programa tem como objetivo promover a criação de infraestrutura sustentável para os clubes multidisciplinares de esports.

LEIA MAIS:

No anúncio realizado nesta segunda-feira (6), a EWCF revelou que também possui o interesse de expandir os investimentos em diversos outros jogos. Dessa forma, seria capaz de oferecer oportunidades de carreira e suporte competitivo para atletas de diversas modalidades em todo o mundo.

Entre os clubes selecionados estão nomes conhecidos do cenário competitivo. Entre eles 100 Thieves, Blacklist International, Cloud9, FaZe Clan, Fnatic, G2 Esports, Gaimin Gladiators, Gen.G, Guild, Karmine Corp, KOI, LGD Gaming, OG, Natus Vincere, Ninjas in Pyjamas, NRG Esports, Spacestation, T1, Talon, Team Falcons, Team Liquid, Team Secret, Team Vitality, TSM, Tundra, Twisted Minds, Virtus pro e Weibo Gaming.

Os clubes membros do Programa de Apoio da EWCF podem receber financiamentos de seis dígitos para ingressarem em novos títulos de esports. Assim, conseguiriam diversificar a presença competitiva em diversas modalidades.

Os responsáveis pelo projeto revelaram que o financiamento já possibilitou o retorno de organizações em modalidades onde já possuíam história e já haviam atuado anteriormente. Entretanto, eles não deram exemplos concretos dessas situações.

Além disso, o programa facilita a expansão dos clubes em novos mercados internacionais por meio da contratação de jogadores e equipes fora de suas regiões originais, fortalecendo a infraestrutura global de esports. Também incentiva a criação de conteúdo para engajar os fãs.

Devido ao grande interesse no programa, que inicialmente previa 28 vagas, o número foi aumentado para 30. O processo de seleção ocorreu em fevereiro de 2024, quando a Fundação da EWC recebeu mais de 150 candidaturas.

De acordo com os organizadores, eles adotaram os mais diversos critérios de avaliação para aceitar a inscrição dos clubes. Entre eles a estratégia competitiva, objetivos futuros e a abordagem criativa para o engajamento de fãs e produção de conteúdo.

O programa de apoio a clubes é fundamental para a visão da Fundação EWC de construir um ecossistema de esportes eletrônicos mais forte, elevando os esportes eletrônicos como esportes globais”, disse Ralf Reichert, CEO da Esports World Cup Foundation.
Como recebemos tantas inscrições de alta qualidade, expandimos nossa alocação original de 28 vagas no Programa de Apoio a Clubes para 30, uma prova da força de nosso programa, pois ele apoia alguns dos melhores clubes de esportes eletrônicos do mundo. Estou animado para torcer por esses clubes enquanto eles trabalham para se classificar para a Copa do Mundo de Esports e sua premiação de mais de US$ 60 milhões que mudará vidas”, completou.

Veja também nossos vídeos. Neste aqui relembramos o dia em que a SK e a Virtus.Pro se enfrentaram no futebol:

Acompanhe a Game Arena nas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Esports

1

Esports

LoL: “Estamos no caminho certo”, diz Baiano ao bater 1 milhão de seguidores

2

Esports

VALORANT: os melhores memes de paNcada na LOUD

3

Esports

MSI 2024 teve novo pico de views em queda de Faker

4

Esports

CS2: fnx expõe condições para luta contra pasha

5

Esports

CS2: “não voltarei como jogador”, fnx anuncia aposentadoria