League of Legends

4 curiosidades do CBLOL: maiores MVPs e mais

O Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL) é uma das maiores competições nacionais dos esportes eletrônicos (esports), sendo responsável...

4 curiosidades do CBLOL: maiores MVPs e mais

Foto: Reprodução/Riot Games

O Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL) é uma das maiores competições nacionais dos esportes eletrônicos (esports), sendo responsável por profissionalizar o cenário da modalidade no país. A Game Arena separou quatro curiosidades sobre um dos torneios mais amados pelo público do game.

Durante a última década, o torneio teve diversas mudanças para tornar o campeonato cada vez melhor, desde valor de premiação, influência para outros campeonatos competitivos e mais. As novidades da Riot Games, desenvolvedora do game,  disseminaram melhorias tanto para as organizações, quanto para os pro players e o próprio público apaixonado por LoL. Se liga:

 

1. Influência do CBLOL no cenário brasileiro de esports

Foto: Reprodução/Riot Games.

 

O competitivo de esports no Brasil é fruto da paixão e compromisso do público pelos jogos e o Counter-Strike (CS) é um dos cenários que mostra isso até os dias atuais, mas e o League of Legends? Diferente da Valve, desenvolvedora do CS, o LoL pode contar com a Riot Games na organização de campeonatos.

Duas temporadas com direito a competições internacionais e um mundial ao ano é um padrão de calendário competitivo que foi conquistado aos poucos. Quando “tudo era mato”, lá em 2012, o público ainda dependia de eventos como a Brasil Game Show (BGS) para acompanhar as partidas entre equipes que ainda nem eram profissionalizadas.

Com o envolvimento cada vez mais forte da desenvolvedora na organização dos torneios, o CBLOL começou a ter um boom em meados de 2015, época em que o Circuito Desafiante (atual CBLOL Academy) foi criado e mudanças como a separação de splits e formato de competição foram implementadas. De lá para cá, o CBLOL se tornou uma referência no cenário brasileiro de esports, sendo o principal modelo adotado por outras modalidades por conta de se tornar um campeonato consolidado.

 

2. Premiações e reconhecimento

FURIA
Foto: divulgação/Riot Games.

 

Outro ponto que evoluiu com o passar dos anos foi a premiação do CBLOL. No começo do cenário, o valor total era de R$ 100 mil reais, tendo um aumento no ano seguinte, passando ser R$ 135 mil. Em 2014, ainda antes da criação das duas temporadas anuais, o valor voltou a ser de R$ 100 reais, sendo que, em 2015, aumentou para R$ 150 mil.

Com os dois splits de 2016, a soma foi para R$ 83 mil e em 2017, a brincadeira começou a virar coisa de gente grande: foram R$ 320 mil em premiação com a soma das duas temporadas, sendo que, no ano seguinte, o valor subiu para R$ 400 mil. Os vitoriosos de 2019 e de 2020 tiveram os títulos e mais R$ 320 mil de premiação dividida entre os dois campeonatos do ano, enquanto em 2021, R$ 370 mil foi a quantia de dinheiro dos dois splits. Em 2022, a cifras do CBLOL voltaram a ser R$ 400 mil para cada temporada, mas em 2023, o número subiu para R$ 500 mil para ambos campeonatos anuais.

 

3. Pro players que mais venceram o torneio

Foto: Reprodução/Riot Games

 

A lista de jogadores profissionais que venceram o CBLOL mais de uma vez é longa, mas quem conseguiu a proeza e ser o maior campeão do torneio não integra mais o cenário competitivo da modalidade. Com seis títulos na conta, Felipe “BrTT” Gonçalves ainda é o nome de maior destaque quando o assunto é a maior quantidade de troféus do campeonato.

Em 2013, garantiu a premiação de US$ 30 mil — cerca de R$ 146 mil na cotação atual do dólar — em nome da paiN Gaming em um clássico contra a CNB e-Sports Club por 3 a 1. No ano seguinte, conquistou o CBLOL por 3 a 2 em cima da paiN ao vestir a camisa da Keyd Stars e em 2015, foi com um 3 a 0 em cima da INTZ que venceu novamente, desta vez, representando a paiN novamente.

Após uma fase um pouco complicada no competitivo, em 2017 voltou a ser campeão em cima da Keyd ao defender a RED Canids; a final terminou em 3 a 0 em uma série melhor de cinco jogos (MD5). Em 2019, a história do pai se repetiu na vitória em cima dos intrépidos por 3 a 2 integrando o seu time do coração, o Flamengo eSports. Antes de se aposentar da função de pro player, o carioca ainda garantiu um último título pela paiN Gaming em cima do Fluxo no primeiro split de 2021, vencendo por 3 a 1 e conquistando vaga no Mid Season Invitational (MSI).

 

 

4. Quais são os maiores MVPs do CBLOL?

LOUD
Foto: Reprodução/Riot Games.

O famigerado MVP (Most Valuable Player) é desejado por muitos jogadores profissionais e por mais que se manter em alto nível não seja tão simples assim, alguns pro players garantiram recordes que atletas ainda tentam bater em 2023. Alvaro Miguel “VVvert” Martins é um destes exemplos, o top laner que agora utiliza o nome Edger está no topo quando o assunto é MVP.

No CBLOL de 2017, ainda na época que atuava pela Team oNe eSports, garantiu o destaque da competição. No ano seguinte, em 2018, foi a vez de Matheus “Dynquedo” Rossini ser considerado um dos melhores jogadores ainda pela KaBuM! Esports, mas a lista não é formada apenas por brasileiros: em 2019, o Flamengo Esports brilhou com a aparição do coreano Lee “Shrimp” Byeong-hoon

Aegis foi responsável por ser um pro player consolidado em 2021 ao ser o MVP do CBLOL em 2021 pela RED Canids, mas quem acabou ficando mais vezes no topo acabou sendo um dos nomes mais antigos do cenário: Thiago “tinowns” Sartori foi MVP do CBLOL em dois anos, sendo em 2020 pela paiN Gaming e em 2022 pela LOUD.

 

Se você gostou do nosso conteúdo em texto, pode curtir também nossos vídeos. Neste, conversamos com os pro players Saffee e Drop de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) que agora integram a MIBR, confira:

Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em League of Legends

1

League of Legends

LoL: semelhanças em Anima Squad e jogos da HoYoverse?

2

League of Legends

LoL: splash arts das skins Anima Squad 2024 são reveladas

3

League of Legends

LoL: veja o novo modo do LoL: enxame

4

League of Legends

LoL: Liberty sofre baixa de dois pro players

5

League of Legends

LoL: habilidades, lore e mais de Aurora, nova campeã