Esports

LoL: por conta do MSI, Robo ainda está aprendendo novo Skarner
League of Legends

LoL: por conta do MSI, Robo ainda está aprendendo novo Skarner

Maior campeão do CBLOL pontua ônus e bônus de disputar torneio

Siouxsie Rigueiras •
19/06/2024 às 20h15, atualizado há um mês

Todo meio de temporada é a mesma coisa, ao menos nos últimos anos de competitivo no Brasil. A LOUD começa o segundo split do CBLOL (Campeonato Brasileiro de League of Legends) de fininho e conformo o torneio passa, vai se tornando cada vez mais forte.

Mas… por que será que isso acontece? A reportagem da Game Arena conversou com Robo, top laner do time, sobre as vantagens e desvantagens de disputar o MSI (Mid-Season Invitational), campeonato internacional que acontece entre os dois splits da temporada anual.

 

Novo patch, novo jogo

Imagem: Divulgação/Riot Games

 

Os patch notes são uma parte muito importante do League of Legends (LoL), principalmente quando falamos de jogar em alto nível. Duranta a entrevista, o maior campeão de CBLOL da história citou sobre como as atualizações do game acabam afetando no gameplay, afinal… quando temos mudanças consideráveis de patch, o LoL é praticamente um novo jogo.

“Cara, como você disse, tem muitos bônus e ônus. Acho que eu um ônus que é bem grande também é a mudança de patch, a gente sempre joga no live, eu acho que são dois ou três patchs para a frente já do que a gente estava jogando no MSI, então… muda muita coisa. Normalmente eles fazem patchs que mudam bastante no primeiro e segundo split”, explica.

A maior mudança de patch notes do game geralmente acontece no fim do ano, em que todos os jogadores ficam confusos com a grande quantidade de informações do game que são alteradas, porém, as novidades do meio do ano também são responsáveis por trazer novos horizontes em Summoner’s Rift.

O lado negativo

Foto: reprodução/Riot Games – Bruno Alvares

 

Disputar o MSI faz com que a organização que participa do campeonato acabe tendo um tempo mais longo de trabalho. Ao fim do primeiro split do CBLOL, enquanto todos os outros times tiram férias e descansam para o próximo campeonato, o time que vai para o internacional precisa lidar com viagens para outros países e continuar treinando. Por exemplo, Robo só está tendo chance de começar a aprender com o novo Skarner agora.

“São muitas coisas novas que você precisa adaptar: campeões novos, como por exemplo, o Skarner, que é completamente novo para mim. Eu tô começando a aprender ele agora. Acho que coisas que são ruins, [por exemplo, é] o jet lag, como você disse…. o tempo de descanso, tudo isso é ruim, mas o lado bom é que a gente tá treinando contra os melhores times do mundo”, pontua.

Sob o prisma positivo

Foto: reprodução/Riot Games

 

Robo contou também sobre os lados positivos de estar no MSI enquanto outros oponentes do cenário brasileiro descansam da primeira temporada anual do CBLOL: “A gente tá aprendendo coisas novas, a gente tá desenvolvendo o nosso nosso jogo coletivo, não necessariamente os melhores picks para o segundo split, mas o jogo coletivo, no geral, a gente melhora bastante”.

Evoluir a gameplay, aprendendo estratégias internacionais e jogando profissionalmente contra pro players de outros países faz com a LOUD alavanque ainda mais o seu jogo quando retorna para o Brasil, mas… vale a pena tanto esforço?

LEIA MAIS

 

Sacrifícios de um campeão

Foto: reprodução/Riot Games – Bruno Alvares

 

De acordo com o top laner da verdinha, é uma balança. Ir para o MSI faz com que o time tenha menos tempo de descanso e acaba impactando no desempenho no início do segundo split do CBLOL, porém, mesmo assim, são sacrifícios que um campeão tem que fazer com leveza.

“São coisas que tem lados positivos e negativos, como tudo e eu acho que é tranquilo, assim a gente pode começar um pouco mais lento, só que acho que no decorrer do campeonato, a gente consegue aplicar o que a gente aprendeu lá e acaba ficando ainda mais forte. Para mim, é uma balança de sacrificar um pouquinho esse campeonato para ter um desempenho melhor depois; acho que é tranquilo [ser] assim”, revela.

A LOUD enfrenta a Vivo Keyd Stars pela sétima rodada da competição, neste sábado (22). Já no domingo (23), irá disputar série contra a FURIA, em jogos válidos pela quarta semana da fase de grupos do último CBLOL da história.


Veja também nossos vídeos. Neste aqui, falamos sobre seis novidades para o CBLOL 2025, com a fusão com a LLA (Liga Latinoamerica) e LCS (League Championship Series), confira:

Siga a Game Arena nas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

Últimos Arena Shorts

Bom dia com DROPS! Para começar o dia com as news quentinhas! 🔥🎮

Eita que vem mudança por aí, o que você achou?

Hora de se atualizar! Se liga no DROPS! 🕹

GameArena.GGDROPS NA ÁREA! 🔥 Confira as news de hoje! 🚀

Route, da LOUD de LoL, é acusado de soft inting; Novos jogos no XBOX Games Pass e mais! 🎮

Betnacional - A Bet do Galvão, do Thiaguinho e do Brasil

Mais sobre Esports

  • Call of Duty Warzone

  • Cobertura eventos

  • Esports Awards

  • Facebook Gaming

Betnacional - A Bet do Galvão, do Thiaguinho e do Brasil