1º split de 2024

CBLOL: qual foi o diferencial da paiN? Robo revela

Para jogador profissional, tradicionais "jogaram bem melhor" em grande final

CBLOL: qual foi o diferencial da paiN? Robo revela

Foto: reprodução/Riot Games - Bruno Alvarez

A LOUD garantiu mais um título do CBLOL (Campeonato Brasileiro de League of Legends) neste sábado (20), sendo o quarto da equipe, porém, por um resultado diferente dos anteriores.

Desta vez, no primeiro split de 2024, a verdinha precisou mostrar mais garra do que o que vem apresentando nas últimas grande finais da competição mais importante da modalidade no Brasil.

Em entrevista exclusiva à Game Arena após o 3 a 2, o top laner Robo — que se sagrou o primeiro heptacampeão do torneio — deu detalhes sobre a disputa acirrada que ocorreu nos campos de justiça de Summoner’s Rift contra a paiN Gaming.

“Acho que com certeza eles jogaram bem melhor essa final do que eles jogam normalmente. Acho que eles conseguiram se adaptar um pouco melhor e entender um pouco melhor do estilo que eles queriam jogar”, revela.

O primeiro game estava nas mãos dos tradicionais, que acabaram perdendo um objetivo para o suporte da LOUD e, daí para frente, a verdinha brilhou e marcou o primeiro ponto da série melhor de cinco jogos (MD5). De acordo com o pro player, também houve um discernimento por parte de seu elenco sobre o que o adversário estava propondo na disputa.

“Quando a gente entendeu também que o Maokai e Tristana tava sendo um problema — porque a teamfight é muito fácil, eles conseguem dominar terreno fácil, eles têm um hypercarry muito bom, é difícil de matar; ela tem muita habilidade para se reposicionar, tava jogando com cleans também, então tava bem difícil lidar com isso.”

“Acho que quando a gente percebeu isso, a série ficou um pouco mais tranquila. Acho que aquele quarto jogo — o de 40 e poucos minutos, mas a gente nunca perdeu o controle dele, porque, querendo ou não, tava dois a um para os caras.”

“A gente não podia tentar rushar de algum jeito mais do que o necessário e acabar entregando a vantagem, então… foi um jogo mais cauteloso. Já no último , a gente já tava mais confiante e foi um jogo um pouquinho mais rápido”, conta o heptacampeão brasileiro.

Os últimos três torneios que o time jogou contra os tradicionais na grande final do campeonato brasileiro tiveram resultados em que a equipe que faz o L mostrou soberania, sendo:

  • 3 a 0 – segundo split de 2022;
  • 3 a 0 – primeira temporada de 2023;
  • 3 a 1 – segundo split de 2023;
  • 3 a 2 – primeira temporada de 2024.

 

LEIA MAIS

 

A leitura da verdinha fez com que o elenco seja o primeiro na história do CBLOL a garantir quatro títulos seguidos no país. Desta forma, agora resta pouco tempo para que a LOUD se prepare para o próximo confronto no MSI 2042 (Mid Season Invitational), campeonato internacional da modalidade.


Se você gostou deste conteúdo em texto, veja também nossos vídeos. Neste aqui, entrevistamos a Minerva, da Ilha das Lendas sobre carreira como streamer, o Gayssip da Semana, representatividade e mais, confira:

Acompanhe a Game Arena nas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em League of Legends

1

League of Legends

Mapa do LoL é customizado dentro do Dota 2, veja

2

League of Legends

MSI 2024: jogador da fnatic revela ataques de pânico após críticas

3

League of Legends

LoL: “vai vir melhor”; Revolta explica retorno de BrTT

4

League of Legends

LoL: nova skin da Ahri de Faker deve chegar neste mês

5

League of Legends

LoL: região da LCK estava sete anos sem vencer um MSI