CBLOL 2024

CBLOL 2024: “evoluir” e “melhorar”, diz Redbert e Robô após segundo 2 a 0

Pro players contaram sobre últimos jogos, descontentamento com alguns resultados e mais

CBLOL 2024: "evoluir" e "melhorar", diz Redbert e Robô após segundo 2 a 0

Foto: reprodução/Riot Games - Arte: Game Arena - Siouxsie Rigueiras

A LOUD garantiu o seu segundo 2 a 0 no CBLOL 2024 (Campeonato Brasileiro de League of Legends) neste domingo (04), em cima da INTZ, mas, aparentemente, não da forma que gostaria.

Em conversa exclusiva com a Game Arena após a disputa, Redbert e Robô destacaram os desafios que a tricampeã brasileira está tendo neste primeiro split, estatísticas de torneio, partes positivas do elenco e expectativas para os próximos jogos.

Comparando som a semana dois de disputas, o top laner foi questionado se estava se sentindo renovado em relação à última bateria de confrontos. O pro player salientou desejo de melhoria da equipe e mais.

 

“Pensando, não acho que é muito [a palavra]. Não me sinto renovado, eu diria…mas a gente sabe que a gente tem bastante coisa para melhorar.”

“Acho que os jogos mesmo ganhando a gente conseguiu tirar bastante coisa para aprender e acho que é isso que está focando”.

“Essa semana também, a gente ganhou de 2 a 0, mas não foi do jeito que eu que eu particularmente queria e que acho que o time também não queria.”

“Vai ter muita coisa para aprender novamente, tomara que a gente venha com jogos melhores na semana que vem”, conta.

O suporte da equipe, Redbert, discorreu sobre evolução pessoal, visto que, tem tido números positivos nas estatísticas do campeonato na função, possuindo 10.3 de acordo com dados do gol.gg; perdendo apenas para Kuri (12.5), JoJo (11.2) e ProDelta (10.5), respectivamente.

“Acho que não pela estatística em si ser um dos com mais assistência, mas eu tô feliz com a minha evolução do ano passado para cá.”

“Eu sinto que do começo do campeonato para cá, eu já evoluiu uma boa quantidade e eu sei que ainda tem muito para evoluir. Eu fico animado com com a evolução e com quanto eu posso evoluir ainda também”, explica.

Superações pessoais e em grupo

Foto: Reprodução/Riot Games

 

A palavra para Robo nesta semana em vitória em cima do Fluxo — no sábado (03) — e dos intrépidos — neste domingo (04) — é recuperação ao discorrer sobre o desafio pessoal do profissional.

“Acho que foi semana foi porque eu joguei com campeões carregadores que não podiam vacilar muito no jogo, senão eles não voltam para o jogo. Foi Jax ontem e Rumble hoje, então, são campeões que eu não podia dar muitas brechas…”

“Acabou que nos dois jogos eu dei uma brechinha, mas eu consegui me recuperar no jogo porque provavelmente vocês começa para trás com esses campeões…”

“E é bem difícil de voltar, mas eu consegui ter um bom jogo nos dois dias; então… meu desafio foi essa semana”, pontua.

LOUD
Foto: divulgação/LOUD

“Eu acho que em coletivo assim nos dois jogos…. a gente jogou melhor, acabava que alguns erros individuais atrasavam um pouco do que a gente poderia fazer.

“Mas… de equipe acho que era só manter. A maior dificuldade deveria ser manter a calma mesmo estando atrás e focar nos nos próximos objetivos de jogo…”

“E foi que a gente fez muito bem; então… acho que seria esse o maior desafio, mas a gente conseguiu passar por ele”, conclui o suporte da verdinha.

Foto: reprodução/Riot Games

 

O pro player disse que segue “orgulhoso” da equipe, porém, mesmo com as vitórias e terem garantido duas semanas de 2 a 0, ainda existem coisas a serem lapidadas pela line-up.

“Eu sinto que nos nas últimas duas semanas apesar da gente ter feito dois zero, eu não acho que a gente tenha convencido. Não acredito que estejamos satisfeitos com a performance.”

“Acho que é orgulho de apesar da dificuldade, estar ganhando as partidas, só que tem esse lado de a gente tá errando bastante ainda e tem muito para evoluir”, especifica.

Continuando a falar sobre as duas semanas de vitórias — sendo a segunda e esta terceira, o semblante do elenco após garantir mais um ponto no campeonato após vencer da INTZ não foi de felicidade. De acordo com o suporte, é um sentimento próximo de insatisfação.

“Acho que não não seria um sentimento de amargar a vitória, mas é descontentamento com o que a gente apresentou e que por todo mundo saber que dá dá para apresentar melhor rola esse descontentamento…”

“Mas não acho que seja algo preocupante ou que tenha uma crise para a gente não estar reagindo às vitórias, até porque é um time com quatro jogadores que foram tricampeões.”

“Então… a fase de pontos não é tão…não sei… algo assim… tão gloriosa. Estamos ganhando e fazendo o nosso trabalho, mas o foco é sempre ir pro playoff, para a final”, conta.

 

LEIA MAIS

 

A atual e única tricampeã do CBLOL disputa a próxima semana da primeira temporada contra a RED Canids neste sábado (10), e pega a LOS no domingo (11).


Se você gostou deste conteúdo em texto, veja também nossos vídeos. Neste aqui, entrevistamos o Tutsz da FURIA de League of Legends, confira:

 

Acompanhe a Game Arena nas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em League of Legends

1

League of Legends

LoL: Vanguard chega ao game em breve, diz Riot Games

2

League of Legends

LoL: Hwei tem 60% de vitórias na LCK

3

League of Legends

LoL: veja os 5 campeões mais pickados nas rankeds

4

League of Legends

CBLOL: Toucouille não volta a jogar neste split, revela SeeEl

5

League of Legends

CBLOL: LOUD vs paiN teve mais de 50% do público total em live da Ilha das Lendas