Counter-Strike Global Offensive

IEM Cologne: Dycha diz que Snappi é a chave para o sucesso da ENCE

Jogador polonês, Dycha se mostrou feliz com ida aos playoffs, mas disse que seu torneio favorito é Katowice e depois...

dycha

Foto: Game Arena.

Jogador polonês, Dycha se mostrou feliz com ida aos playoffs, mas disse que seu torneio favorito é Katowice e depois Cologne

A ENCE foi a primeira equipe a garantir vaga aos playoffs da IEM Cologne 2023. Vindo da conquista do título da IEM Dallas 2023, a equipe europeia venceu seus dois primeiros jogos e disputará o mata-mata. Após vitória sobre a fnatic, o polonês Dycha nos deu entrevista exclusiva.

Primeiro, Dycha foi perguntado pelo jornalista Filipe Carbone se a equipe está se consolidando no topo do mundo após chegar nos playoffs pela terceira competição nesta temporada. Ele acredita que sim e diz que a equipe vem trabalhando muito.

“Eu espero que sim. Estamos fazendo o que pudermos, trabalhando muito e fazendo muita coisa nos bastidores. Snappi é o nosso chefão, ele está fazendo um trabalho incrível, então espero que continue.” – disse.

Falando mais detalhadamente sobre Snappi, Dycha foi perguntado se ter um capitão dinamarquês na equipe é a chave para o sucesso. Ele diz que, para a ENCE sim e rasgou elogios ao seu in game leader e dando exemplos das calls passadas em alguns rounds do jogo contra a fnatic.

“É difícil dizer (se os IGLs dinamarqueses é a chave para o sucesso). Por exemplo, hoje em ambos os mapas, Snappi estava dando call muito bem, ele não estava nos passando uma estratégia direta, porque ele sentia como ia ser em cada round, o que os adversários estavam fazendo e ele passou as calls muito bem. Então, eu não sei responder isso, se os IGLs dinamarqueses são a chave para o sucesso, mas pelo menos em nossa equipe, ele é.” – revelou.

LEIA MAIS

Em seguida, dycha afirmou que essa será a primeira vez que disputará uma partida na LANXESS Arena. Ele relembrou que a última vez que se classificou aos playoffs de Cologne foi com a Sprout, no torneio on-line no período da pandemia do COVID-19. 

“Eu penso que sim, mas um pouco. Porque alguns de nós nunca jogou os playoffs aqui, na última vez que eu classifiquei para os playoffs em Cologne foi na Sprout, há uns dois ou três anos e foi na época do COVID, então foi um torneio online. A gente sempre saía no play-in e agora estou muito feliz por termos feito isso.” – relembrou.

Por fim, o rifler polonês diz que a sua ida aos playoffs na Alemanha é especial, mas ranqueou seus torneios favoritos, dando destaque para Katowice ser a competição que ele mais gosta de disputar.

“Sim, eu tenho alguns amigos da Alemanha, então será bom vê-los aqui. O primeiro obviamente é Katowice, mas para mim não importa onde é o país do Major, Katowice sempre em primeiro para mim e em 2º lugar é Cologne.” – finalizou.

Dycha e a ENCE ainda irá disputar a vaga direto para a semifinal da IEM Cologne 2023 em um confronto contra a Heroic, nesta terça-feira, 1 de agosto, às 14h30, horário de Brasília.  

Se você gostou desse conteúdo em texto, veja também em vídeo. Nesse aqui, entrevistamos Keita, treinador da fnatic.

Game Arena está cobrindo presencialmente a IEM Cologne 2023. Para não perder nada que acontece na catedral do CS, siga-nos nas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Counter-Strike Global Offensive

1

Counter-Strike Global Offensive

CS:GO: fnx revela que jogou final da ESL Pro League no Brasil virado

2

Counter-Strike Global Offensive

CS2: “estranhamente, me encontro feliz”, diz arT sobre sair da FURIA

3

Counter-Strike Global Offensive

CS:GO: filme da Red Bull é lançado com a participação de FalleN

4

Counter-Strike Global Offensive

CS:GO: Red Bull fará filme do jogo com a presença de FalleN

5

Counter-Strike Global Offensive

CS 1.6: cogu lidera rating do jogo, com FalleN e fnx no top 10, veja