Esports

BLAST sofreu prejuízo de R$ 60 milhões em 2022
Counter-Strike Global Offensive

BLAST sofreu prejuízo de R$ 60 milhões em 2022

Mesmo com prejuízo, BLAST conseguiu registrar aumento nas receitas Uma das principais organizadoras de torneios de esporte eletrônico, a BLAST enfrenteu um déficit financeiro relativamente significativo em 2022. Mesmo com um aumento das receitas, e empresa que organiza competições de Counter-Strike: Global Offensive, Rainbow Six Siege e tantas outras teve um prejuízo de € 11,5 milhões em 2022, cerca de R$ 60 milhões.

Filipe Carbone •
10/07/2023 às 17h36, atualizado há um ano

Mesmo com prejuízo, BLAST conseguiu registrar aumento nas receitas

Uma das principais organizadoras de torneios de esporte eletrônico, a BLAST enfrenteu um déficit financeiro relativamente significativo em 2022. Mesmo com um aumento das receitas, e empresa que organiza competições de Counter-Strike: Global Offensive, Rainbow Six Siege e tantas outras teve um prejuízo de € 11,5 milhões em 2022, cerca de R$ 60 milhões.

No relatório financeiro divulgado na última semana, houve uma houve uma redução nas perdas em comparação com o ano anterior, que foi de € 1,2 milhão (aproximadamente R$ 6,4 milhões) menor. A empresa, no entanto, conseguiu mais que dobrar sua receita anual, passando de € 13,4 milhões (cerca de R$ 71 milhões) em 2021 para € 31,6 milhões (aproximadamente R$ 168 milhões) em 2022.

Foto: Divulgação/BLAST.tv

LEIA MAIS

Apesar do prejuízo, a BLAST mantém uma posição financeira sólida, com € 8,9 milhões (cerca de R$ 47 milhões) em caixa. A empresa também relatou que empregava 86 funcionários em tempo integral em 2022, com um custo anual de € 8,03 milhões (aproximadamente R$ 42,9 milhões).

A BLAST, além de organizar campeonatos de Counter-Strike, assumiu o competitivo de Rainbow Six Siege no final de 2022. A empresa também foi responsável pelo último Major de CS:GO, o BLAST.tv Paris Major, reforçando sua presença no cenário de esports.

Apesar dos desafios, a BLAST está otimista sobre o futuro. A empresa acredita que tem liquidez suficiente para continuar operando em 2023 e nos próximos anos. A BLAST espera aumentar a receita e melhorar a lucratividade através da expansão de suas operações, incluindo a organização de torneios de Fortnite e Rainbow Six.

Gostou do conteúdo? Veja mais da Game Arena também no YouTube!

Game Arena tem muito mais conteúdos como este sobre esportes eletrônicos, além de games, filmes, séries e mais. Para ficar ligado sempre que algo novo sair, nos siga em nossas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

Últimos Arena Shorts

Bom dia com DROPS! Para começar o dia com as news quentinhas! 🔥🎮

Eita que vem mudança por aí, o que você achou?

Hora de se atualizar! Se liga no DROPS! 🕹

GameArena.GGDROPS NA ÁREA! 🔥 Confira as news de hoje! 🚀

Route, da LOUD de LoL, é acusado de soft inting; Novos jogos no XBOX Games Pass e mais! 🎮

Betnacional - A Bet do Galvão, do Thiaguinho e do Brasil

Mais sobre Esports

  • Call of Duty Warzone

  • Cobertura eventos

  • Esports Awards

  • Facebook Gaming

Betnacional - A Bet do Galvão, do Thiaguinho e do Brasil