que azar

Major Copenhagen: VINI revela que Felps jogou com mouse quebrado: “Não tava saindo tiro”

Capitão da Imperial, VINI analisou confronto contra Heroic e projetou amanhã para o time brasileiro

VINI

Foto: divulgação/PGL.

A Imperial sofreu seu primeiro revés no PGL CS2 Major Copenhagen 2024 para a Heroic, após estrear vencendo a ENCE. Depois da derrota para o time dinamarquês, o capitão da equipe, Vinicius ‘VINI’ Figueiredo, falou com a Game Arena com exclusividade.

VINI começou a entrevista analisando o confronto contra a Heroic, reconhecendo que o seu time fez um lado terrorista abaixo e cravou 5×2 perdido na prorrogação como determinante para a derrota.

Sabíamos que seria um jogo difícil, até porque é o melhor mapa dos dois times. A gente sabia que seria Mirage, preparamos o que deu, em coisa de 30 minutos antes, tivemos que jogar logo em cima. Falhamos bastante no TR, alguns detalhes, execs que saíram errada, mas sabíamos que o CT seria diferente. E ali foi o pecado do OT, aquele 5×2 não chegou a abalar tanto, mas era muito necessário para conseguir fazer um TR mais forte.” – analisou.

Depois, VINI falou sobre afobação que o time sofreu nesse confronto tenso: “Tem um pouco de afobação na comunicação, faltou mais noção de saber quem precisa marcar as brechas, marcamos nisso. Mas jogo grande é isso, jogamos muito bem, estamos conseguindo trocar contra os times grandes. Agora é resetar e preparar para amanhã.” 

Ainda sobre o tema, o capitão da Imperial não credita isso aos jovens jogadores, é mais uma questão do jogo mesmo. VINI ainda se mostra confiante após voltar para o jogo fazendo um bom lado CT.

É afobação de todo mundo mesmo. Não é nem por noway e decenty serem mais novos, chega um momento do jogo que qualquer comunicação mal interpretada faz a gente pensar um pouco errado. Mas controlamos muito bem, estava 8 a 4 para eles, conseguimos voltar no CT, quer dizer que estávamos calmos e conseguimos fazer as escolhas certas. Estamos bem focados nisso e precisamos manter isso para amanhã.” – disse.

LEIA MAIS:

Mouse quebrado e próximos jogos

Com exclusividade, VINI nos revelou que Felps acabou jogando o primeiro tempo inteiro do mapa com o mouse quebrado. Ele não soube explicar o que aconteceu direito, mas contou como resolveram a situação para o segundo tempo.

Não sei exatamente o que aconteceu, sei que o primeiro half inteiro do lado TR o mouse do felps estava quebrado, não estava saindo tiro da AK, nem granada. Por sorte, o decenty tinha o mesmo mouse dele de backup, quando trocou, o felps acordou. Mas não sei que momento ele percebeu, mas não cogitou a ideia que a gente tinha um. Por isso ele só comentou no intervalo, se tivesse falado antes teríamos trocado.” – revelou.

Por fim, VINI diz que o time fica chateado com a derrota e crava que a Imperial não terá vida fácil, por conta do seed. Em caso de vitória da FURIA contra Lynn Vision, as equipes devem se enfrentar amanhã.

Com certeza. Estamos putos com a derrota como o jogo foi, a sensação é de que o jogo era nosso, é diferente de você tomar espanco e reconhecer que eles foram melhores. Definitivamente, estamos confiantes, não podemos escolher adversário, pois, a partir do 1-1, até pelo nosso seed, vamos pegar times fortes. O que vier, tem que vim e vamos fazer nosso jogo.” – finalizou.


Veja também nossos vídeos. Neste aqui conversamos com biguzera, que fez fortes críticas à PGL, organizadora do primeiro Major de CS2:

Game Arena está cobrindo presencialmente o PGL CS2 Major Copenhagen 2024. Siga as nossas redes sociais para ficar por dentro de tudo que acontece no mundial: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Counter-Strike 2

1

Counter-Strike 2

CS2: jogada de Scout com tiros impossíveis viraliza nas redes

2

Counter-Strike 2

CCT Finals: MIBR perde em partida emocionante e está eliminado

3

Counter-Strike 2

CS2: Lucas1 anuncia nascimento do primeiro filho

4

Counter-Strike 2

CS2: primeiro Major de 2025 deve ser nos Estados Unidos

5

Counter-Strike 2

CS2: MOUZ não teve nenhum MVP nos últimos 6 títulos conquistados