fim

CS2: Sprout declara falência

Organização que participou do Major do Rio, a Sprout anunciou hoje o fim da organização

Sprout

Foto: divulgação/ESL.

A Sprout, organização de esportes eletrônicos alemã, anunciou o fim de suas operações na manhã desta segunda-feira (25). Fundada em 2017, a org atuava no cenário competitivo de Counter-Strike 2.

Segundo o comunicado da empresa, publicado nas redes sociais, a Sprout revelou que o modelo de negócio não era mais viável e, por isso, declarou falência.

Nosso atual modelo de negócios não é mais viável para garantir o crescimento sustentável e saudável necessário.” – disse, uma parte do extenso comunicado a comunidade.

LEIA MAIS:

A Sprout chegou a disputar dois Majors, o ELEAGUE Major Boston em 2018 e o IEM Rio Major 2022. A lineup da equipe foi movida ao banco de reservas ontem e, no dia seguinte, a organização declarou falência.

Esse é mais um caso de organização de Esports que segue sofrendo com problemas financeiros. Recentemente, organizações como Evil Geniuses e TSM também passaram por problemas e precisaram abrir mão dos cenários competitivos que atuavam.


Assista aos nossos vídeos também. Neste aqui, entrevistamos jame, após eliminação da Virtus.pro:

Game Arena está cobrindo presencialmente o PGL CS2 Major Copenhagen 2024. Siga as nossas redes sociais para ficar por dentro de tudo que acontece no mundial: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

 

COMPARTILHE

Bombando em Counter-Strike 2

1

Counter-Strike 2

BetBoom Dacha: MIBR perde mais uma e está eliminado

2

Counter-Strike 2

IEM Dallas: Stewie2k é inscrito pela G2

3

Counter-Strike 2

CS2: cenário repercute possível saída de cadiaN da Liquid

4

Counter-Strike 2

IEM Dallas: primeiros confrontos são definidos

5

Counter-Strike 2

CS: o dia que um gato, chamado Emerson Sheik, atrapalhou uma transmissão de mundial