Polêmica afetou até quem não estava envolvido

IEM Katowice: sjuush fala sobre polêmicas da Heroic: “Momento difícil de lidar”

Após vitória sobre a Astralis, sjuush falou sobre momento turbulento, novo time e vitória na estreia contra ex-teammates

sjuush

Foto: Game Arena.

Após vitória sobre a Astralis, sjuush falou sobre momento turbulento, novo time e vitória na estreia contra ex-teammates

A Heroic surpreendeu o mundo ao vencer a Astralis no clássico dinamarquês em sua estreia na IEM Katowice 2024 de Counter-Strike 2 (CS2). Após o triunfo, um dos remanescentes da equipe, Rasmus ‘sjuush‘ Beck, falou com a Game Arena.

O jogador, de 25 anos, relembrou as polêmicas que a Heroic passou com as partidas do trio cadiaN, jabbi e stavn e tudo que isso envolveu. Ele reconheceu a dificuldade de lidar com toda a situação, mas diz que não levará isso para o futuro.

“Eu não acho que afetou minha performance de nenhuma forma. Acho que as pessoas querem que a gente passe por dificuldades. Assim, foi um momento difícil de lidar com tudo o que aconteceu no último time, mas acredito que seja melhor só deixar para lá e focar no que está por vir.” – contou.

Perguntado sobre a nova Heroic, sjuush afirmou que o clima está muito bom entre os players, mas que eles precisam de tempo para definir algumas coisas e consolidar o elenco.

“Está muito bom. Claro que ainda somos um time novo e temos muitas coisas que queremos melhorar e implementar na equipe. E é difícil achar tempo para tudo isso, porque agora temos muitos campeonatos para jogar. É open qualifier, closed qualifier… 

 

Ainda precisamos de muito treino e muito tempo para conversar sobre o CS em geral e como vemos o jogo, pois como viemos de quatro times diferentes, vemos o jogo de formas diferentes e só aprendemos sobre cada um agora. Nós só vamos aprender sobre estilo de jogo e como pensamos o jogo conversando e vai levar um tempo para fazer isso.” – avaliou.

LEIA MAIS:

Sobre o processo de escolha dos novos jogadores, o rifler afirmou que deu algumas sugestões à direção da equipe e, no fim das contas, ficou satisfeito com o resultado.

“Eu não sei, eu dei a minha opinião sobre o que eu achava que seriam bons jogadores. A Heroic também tinha algumas ideias e nos serviu bem. Acho que deu tudo certo.” – disse.

Comentando sobre as diferenças da antiga lineup para o time atual, sjuush diz que enxerga bastante pontos positivos na nova. Alguns até acima da anterior.

“Acredito que somos mais equilibrados nesse time. Não há grandes personalidades e sinto que somos bem parecidos. Todos nós temos a mesma personalidade, podemos falar o que queremos, fazer piadas, às vezes passar um pouco do limite. É um pouco mais fácil de ser você mesmo.” – afirmou.

Finalizando, sjuush comentou sobre a vitória sobre seus ex-temmates, agora na Astralis.

“Foi incrível, mas nada além disso. Para mim é só mais um jogo e eu quero vencer todos. Por enquanto é um bom começo para o torneio, e claro, eles são meio que nossos rivais e acho que todos veem assim também. Por esse lado, foi muito bom.” – concluiu.


Assista também nossos vídeos. Neste aqui batemos um papo exclusivo com yuurih, um dia antes do início dos jogos da Katowice 2024, em que o jogador da FURIA falou tanto sobre o campeonato quanto vida pessoal:

Game Arena estará cobrindo presencialmente a IEM Katowice 2024. Acompanhe o torneio através das nossas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Counter-Strike 2

1

Counter-Strike 2

RMR Américas: PGL não vai aderir atualização no torneio

2

Counter-Strike 2

RMR Américas 2024: guia do classificatório regional ao Major

3

Counter-Strike 2

CS2: facas mais baratas para você comprar no jogo

4

Counter-Strike 2

CS2: FalleN tem canal no YouTube hackeado

5

Counter-Strike 2

CS2: Astralis anuncia BR0 e dev1ce como IGL