Counter-Strike 2

RMR Américas: RED e 9z fazem maratona de quase 200 rounds no dia

Equipes que disputaram a última vaga ao RMR atuaram por 12 horas e jogadores relataram desgaste físico

RMR RED Canids

Foto: divulgação/RED Canids.

Equipes que disputaram a última vaga ao RMR atuaram por 12 horas e jogadores relataram desgaste físico

Chegou ao fim o Closed Qualifier ao Regional Major Ranking (RMR) Américas 2024, com as sete equipes garantindo vaga ao torneio no México, sendo cinco definidas no último dia de disputas, neste domingo (21).

Após um longo dia de jogos, o torneio acabou ficando marcado pelas suas extensas partidas, principalmente para os times que chegaram disputando a última vaga ao torneio, RED Canids Kalunga e 9z.

A 9z, por exemplo, começou o dia jogando o confronto valendo a vida das equipes com campanha 1-2, às 14 horas, horário de Brasília. Já a RED atuou a partir das 17 horas, já que estava com campanha 2-1. As equipes tiveram uma maratona de mais 13 horas e quase 200 rounds disputados.

A RED Canids, equipe que ficou com a última vaga no RMR, disputou incríveis 194 rounds durante todo o dia. O time perdeu para a ODDIK por 2 a 1, depois venceu o Flamengo por 2 a 1 e a 9z por 2 a 0.

LEIA MAIS

Já a equipe argentina venceu seus confrontos contra Sharks e W7M por 2 a 0, e perdeu o confronto derradeiro para a RED pelo mesmo placar, não tendo que disputar três mapas em suas séries.

Após o último confronto, que terminou às 3h30 da madrugada desta segunda-feira (22), os jogadores relataram desgaste físico e mental após a maratona de jogos. O treinador da 9z, o brasileiro Gustavo ‘tge’ Motta, afirmou que “É realmente muito triste acabar um jogo e escutar de seus jogadores que não podiam mais, que estavam exaustos, e nem sequer poder fazer a diferença estando junto com eles.”

Já o uruguaio Frango ‘dgt’ Garcia, jogador da 9z, desabafou afirmando que: “Sinto muita dor, muitas coisas que me deixam com raiva. No último mapa meu corpo não respondia mais”. Os jogadores da RED Canids não relataram seus destaques, apenas destacaram a resiliência do time.

O assunto se tornou tema de muito debate nas redes sociais nessa segunda-feira após uma longa jornada de competições. Inclusive, a Game Arena publicou um artigo opinativo a respeito do problema, que vem se tornando cada vez mais corriqueiro no Brasil.


Veja também nossos vídeos. Se você ainda está na dúvida sobre o formato do Major, este aqui é perfeito para sanar qualquer confusão:

Acompanhe a Game Arena nas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Counter-Strike 2

1

Counter-Strike 2

CS2: FURIA anuncia retorno de bizinha

2

Counter-Strike 2

RMR Europa: três times brigam pela última vaga

3

Counter-Strike 2

CS2: jogador cria conceito de chaveiros à la Valorant

4

Counter-Strike 2

PGL Major: “patético”, vvv desabafa sobre transmissão

5

Counter-Strike 2

RMR Europa: Astralis é eliminada e não jogará em casa