Lei do ex

RMR Americas: “hoje ela cantou”, diz naitte sobre lei do ex após vencer Elevate

Pro player citou gosto a mais de eliminar ex equipe

RMR Americas: "hoje ela cantou", diz naitte sobre lei do ex após vencer Elevate

Foto: Game Arena

 

 

Os brasileiros da ODDIK seguem vivos no RMR Americas de Counter-Strike 2 (CS2)! Em terras mexicanas, a Game Arena conversou com naitte sobre próximos jogos, lei do ex e o resultado de 2 a 1 em cima da Elevate, neste sábado (02).

O time de naitte saiu na frente na série e garantiu um 13 a 11 na Anubis, mas teve que se recompor depois de perder a Ancient por 13 a 10. Na Overpass, sofreu antes do half, mas conseguiu se recuperar e venceu pelo mesmo placar, avançando na competição.

Para o pro player, a ODDIK “não esperava” que a disputa fosse da forma que ocorreu, mas agora é correr atrás da classificação nas próximas rodadas.

 

“Foi um jogo que a gente não esperava. Sendo bem sincero, a gente esperava que o jogo fosse mais tranquilo contra Elevate; é um time que pegou as vagas nas últimas e a gente era bem confiante contra eles.

“Acabou escapando a Ancient. A gente fez um CT ruim, a gente teve que buscar e não acabou dando certo. Erramos muitas coisas que a gente pretende arrumar agora a noite”

“Mas a Overzinha a gente sabia que o nossp CT ia encaixar e a gente só precisava do pistol; o pistol veio e conseguimos fazer bons rounds.”

“O Guedão — como a gente conhece, vocês conhecem como machos, ele estava num dia muito bom e e acho que é isso: cada dia um vai brilhar e uma já foi; faltam duas”, conta.

Vale lembrar que o pro player chegou a representar a Elevate no passado e, neste sábado (03), foi responsável por eliminar o time do campeonato.

Com isso, a lei do ex aconteceu no stage do México com um gostinho especial de eliminação por parte de naitte, que, ao atuar na ex equipe, foi considerado o melhor atleta da line-up: “Com certeza [rolou a lei do ex]. É sempre bom a lei do ex cantar e hoje ela cantou”, revela.

O próximo oponente da ODDIK é brasileiro. O elenco irá pegar a RED Canids e, segundo o pro player, já se mostrou um um oponente digno.

“A RED é um adversário que a gente já enfrentou algumas vezes no Brasil. Inclusive, a gente pegou a vaga aqui para RMR em cima deles numa MD3. Foi um jogo apertado para caramba, eu acho que a gente vai se preparar de novo.”

“Eles vem com um gostinho de de revanche porque quase que a gente elimina eles; eles tiveram que jogar um jogo contra as 4 horas da manhã.”

“Acho que a gente vai se preparado do mesmo jeito. Fazer bom bons reviews agora, fazer uma estático bom e focar no nosso jogo também; que é o que importa”, finaliza.

 

LEIA MAIS

 

Com o resultado deste sábado (02), a ODDIK pega a matilha pela lower da terceira rodada do campeonato em busca de permanecer na competição. O confronto está marcado para este domingo (03), a partir das 16h.


Assista também nossos vídeos. Neste aqui, WOOD7 comentou sobre a responsabilidade de capitão, saída do Fluxo e mais:

A Game Arena está na cobertura presencial do RMR Américas 2024. Siga-nos nas redes sociais para saber tudo sobre o campeonato: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Counter-Strike 2

1

Counter-Strike 2

CS2: jogador ucraniano é banido da FACEIT por trapaça

2

Counter-Strike 2

EPL S19: Imperial é derrotada pela FaZe na estreia

3

Counter-Strike 2

EPL S19: Sharks perde para Vitality em estreia

4

Counter-Strike 2

EPL S19: mousepad de jogador da fnatic chama atenção, veja

5

Counter-Strike 2

GET Rio: a experiência da imprensa no evento