Ficou na bronca!

CS2: Peacemaker cobra transmissão do RMR por mais casters SA

Treinador defende que faltam casters que realmente acompanhem e entendam o cenário sul-americano.

CS2: Peacemaker cobra transmissão do RMR por mais casters SA

Foto: ESL

A PGL revelou quem serão os talentos que comandarão as transmissões do próximo RMR (Regional Major Ranking) de Counter-Strike 2 (CS2). Apesar de muitos nomes conhecidos, um motivo particular incomodou especialmente a cena sul-americana. Um dos maiores porta-vozes desta crítica foi Peacemaker.

LEIA MAIS:

O treinador de CS, que atualmente está se dedicando bastante na criação de conteúdo, se mostrou bastante descontente com a falta de casters que realmente acompanhem e entendam o cenário sul-americano.

Pelo Twitter (X), ele teceu sua crítica e afirmou que gostaria de ouvir das organizadoras porque isso ainda acontece. É válido lembrar que metade das equipes que jogarão o RMR Américas, são da América do Sul.

“Eu adoraria ouvir uma explicação sobre o porquê de ainda termos grandes torneios sem representantes de cada uma das regiões participantes. A América do Sul ganhou 2, por exemplo – como é que esses grandes campeões ou alguém que entende da região está fora da equipe de talentos?”, indagou Peacemaker.

Nos comentários, um usuário da rede social indagou Peace e lhe perguntou se alguém, além dele mesmo, poderia realizar este trabalho. Imediatamente ele lembrou de Raules, que inclusive já fez parte do time de talentos internacional da ESL em outro momento.

Outro nome mencionado pelo coach foi TACO, que além de entender muito do jogo e do cenário, também já provou que não possui mais nenhum problema com a língua inglesa e fala fluentemente.

Um dos usuários também respondeu ao tuíte de Peacemaker, concordando com a premissa: “Somos definitivamente a região que mais consome CS proporcionalmente. Isso é uma falta de respeito absurda“, disse.

Os críticos aos talentos escolhidos não mencionaram, em nenhum momento, a capacidade individual dos profissionais. No entanto, temem pela falta de comentários pertinentes sobre equipes da região sul-americana, pelo fato dos profissionais internacionais acompanharem muito pouco.

Este fato, inclusive, já não é uma novidade. Por isso, incomoda cada vez mais pessoas da cena sul-americana.


Assista também nossos vídeos. Neste aqui batemos um papo exclusivo com KSCERATO, que falou sobre arT reassumir a braçadeira da FURIA em 2024 e mais:

Acompanhe a Game Arena nas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Counter-Strike 2

1

Counter-Strike 2

CS2: FURIA anuncia retorno de bizinha

2

Counter-Strike 2

RMR Europa: três times brigam pela última vaga

3

Counter-Strike 2

CS2: jogador cria conceito de chaveiros à la Valorant

4

Counter-Strike 2

PGL Major: “patético”, vvv desabafa sobre transmissão

5

Counter-Strike 2

RMR Europa: Astralis é eliminada e não jogará em casa