Counter-Strike 2

CS2: onde estão as principais promessas do cenário

Veja o como estão os jogadores de Counter-Strike citados como promessas do competitivo desde 2016

CS2: onde estão as principais promessas do cenário

Fotos: ESL

A divulgação do ranking dos melhores jogadores da temporada não é aguardada somente para saber quem foi o principal jogador do ano. Isso porque ele também é responsável por apresentar os principais prodígios do Counter-Strike, segundo a escolha dos próprios jogadores.

LEIA MAIS:

No decorrer dos últimos anos, diversos nomes que foram citados na lista acabaram se tornando realidade. Contudo, outros que eram vistos como grandes promessas do cenário competitivo acabaram não conseguindo entregar aquilo tudo que se esperava.

Antes de mais nada, é importante citar que o jogador mais citado na história dos bold predictions da HLTV foi Daniil “headtr1ck” Valitov. O jovem suéco foi citado por sete jogadores diferentes, entrando para a história da lista.

redrik “REZ” Sterner (2016)

Time: Ninjas in Pyjamas

Indicado por: olofmeister, flusha e Kjaerbye

Foto: Stephanie Lindgren/BLAST.tv

Em 2017, a Ninjas in Pyjamas apostou no jovem REZ (naquela época) após ele aparecer como o mais citado por outros profissionais que atuaram no ano anterior. O jogador de 26 anos tem passagens por apenas três times em toda a carreira: Cringe Gods, Epsilon eSports e a própria NIP.

Anos depois, REZ segue como o único remanescente da Ninjas in Pyjamas pelo qual foi anunciado naquela época. Recentemente, viu a organização passar por uma grande reformulação ao apresentar outros jogadores depois dos resultados anteriores não agradarem.

Ao longo da história, REZ conquistou apenas um MVP, deixando a desejar em relação aquilo que se esperava dele. O início promissor na organização contou com títulos da DreamHack Open Valencia 2017, IEM Oakland (apontado como MVP) e, mais recentemente, o título da Global Esports Tour Dubai 2022.

Russel “Twistzz” Van Dulken (2017)

Time: Team Liquid

Indicado por: kennyS, dupreeh, EliGE, boltz

Twistzz
Foto: Helena Kristiansson/ESL

Principal escolha de quatro jogadores durante o ano mais vitorioso do Counter-Strike brasileiro, Twistzz hoje é uma realidade. Aos 24 anos, o jogador está pela segunda passagem na Team Liquid e já conquistou praticamente tudo o que tinha pra conquistar na carreira.

Multicampeão, ele conta com títulos pelos principais times que passou, seja na primeira vez que atuou pela Team Liquid ou após a ida para a FaZe Clan. Twistzz também é o único jogador da história a vencer dois Intel Grand Slam.

Ele também esteve presente em quatro rankings dos melhores jogadores do mundo ao longo dos últimos anos na HLTV. Desde quando foi apresentado como um dos grandes prodígios, ele já esteve entre os melhores de 2019, 2021, 2022 e, mais recentemente, em 2023.

Ismail “refrezh” Ali (2018)

Time: sem time

Indicado por: dupreeh, magisk, guardian, xyp9x, autimatic, valde

Foto: João Ferreira/PGL

Nome mais citado por profissionais em 2018, refrezh não conseguiu corresponder às expectativas dos anos seguintes. Atualmente no banco de reservas da Preasy Esports, ele não conseguiu parar em praticamente nenhum time desde quando surgiu no cenário competitivo.

Entre as experiências vivida por refrezh estão passagens por OpTic Gaming, Copenhagen Flames, x6tence, MAD Lions, Heroic, Sprout e Evil Geniuses. O período mais vitorioso foi ao lado da Heroic, onde conquistou títulos importantes para a carreira.

Assumindo o posto de melhor time da Dinamarca na época, a Heroic de refrezh conseguiu vencer a ESL Pro League 13, Pinnacle Winter Series 3 e Pinnacle Cup Championship. O jogador também se popularizou ao vencer um 1v5 contra a Team Liquid na ESL Pro League 14.

Nicolas “Plopski” Gonzalez Zamora (2019)

Time: sem time

Indicado por: ZywOo, dev1ce e brollan

Foto: Freja Borne/DreamHack

Atualmente inativo na GODSENT, Plopski chegou a ser considerado uma das grandes promessas após a temporada de 2019. Escolhido por três jogadores diferentes como o prodígio, ele chegou a atuar ao lado de outro nome da lista, REZ, na Ninjas in Pyjamas.

Foram três anos na organização antes de ir para a GODSENT, no início do ano passado. Entretanto, acabou perdendo espaço na equipe e não conseguiu repetir o desempenho que era esperado por outros profissionais.

Shahar “flameZ” Shushan e Paytyn “junior” Johnson (2020)

Times: Vitality (flameZ) e Nouns (junior)

Indicado por (flameZ): Niko, Ropz, syrsoN, huNter-,

Indicado por (junior): EliGE, yuurih, KSCERATO, JKS

Fotos: ESL

O ano da pandemia do Covid-19 dividiu as regiões e fez com que o bold prediction apresentasse um empate entre um jogador da Europa e outro da América do Norte. Tanto flameZ quanto junior receberam quatro votos cada como os principais prodígios do Counter-Strike daquele ano.

Contudo, o destino calhou de dar caminhos diferentes para a dupla de jogadores. Enquanto flameZ conseguiu corresponder a todas as expectativas e se tornar um dos principais nomes da Vitality desde quando chegou à equipe, o outro chegou a ter passagem pela FURIA, mas não correspondeu tudo aquilo que era esperado.

A responsabilidade de flameZ também foi gigante. Isso porque a Vitality optou por contratar o jogador para ocupar o lugar de Peter “dupreeh” Rasmussen. A mudança veio logo após a conquista do BLAST.tv Paris Major 2024, garantindo o quinto título de um torneio da Valve do dinamarquês e fazendo com que ele fosse substituído na sequência.

Junior, por sua vez, acabou passando em branco em relação a grandes competições. Pela FURIA teve os melhores resultados na cs_summit 8, ficando na segunda posição, e uma semifinal de ESL Pro League, na 13ª edição da disputa.

Ilya “m0NESY” Osipov (2021)

Time: G2 Esports

Indicado por: s1mple, Niko, b1t, huNter-, blameF, stavn

m0NESY
Foto: Game Arena.

Atualmente um dos melhores jogadores do mundo, m0NESY é um dos nomes citados por profissionais que mais conseguiu corresponder às expectativas. O jovem talento revelado pelas divisões de base da Natus Vincere conquistou grandes triunfos após se transferir para a G2 Esports.

A organização topou o desafio de fazer com que m0NESY se tornasse uma realidade e parece ter acertado na decisão. Com apenas 18 anos de idade, ele já foi indicado duas vezes pela HLTV como os melhores jogadores do mundo, em 2022 e 2023.

Além disso, ele também garantiu o posto de MVP da BLAST Premier World Final 2022, onde conquistou o primeiro título como profissional. Além disso, ele também garantiu o triunfo da IEM Katowice 2023 e IEM Cologne 2023.

Daniil “headtr1ck” Valitov (2022)

Time: B8

Indicado por: ZywOo, m0NESY, blameF, rain, huNter-, b1t, frozen

Foto: Divulgação/Ninjas in Pyjamas

Jogador mais citado em toda a história do Counter-Strike nas previsões de jogadores profissionais, headtr1ck segue na oportunidade de se provar e fazer valer a aposta do cenário competitivo. Assim como m0NESY, ele também atuou no time de base da Natus Vincere.

Em seguida, a Ninjas in Pyjamas fez uma nova aposta em um jogador prodígio e contratou headtr1ck com status de grande promessa. Entretanto, a organização não viveu uma boa temporada no ano passado e no início de 2024, fazendo com que ele fosse uma das mudanças no quinteto.

Desde quando passou a disputar torneios contra os melhores times do mundo, ele não conseguiu vencer um título sequer. Dessa forma, optou por deixar a organização da Suécia e foi anunciado recentemente como jogador da B8.

Linus “nilo” Bergman (2023)

Time: Metizsport

Indicado por: ZywOo, cadiaN, huNter-, broky e stavn

Foto: Reprodução/YouTube

Nilo é o nome mais recente a aparecer na lista das principais promessas do Counter-Strike. O jogador está atualmente na Metizsport e venceu jogos importantes contra times brasileiros como a FURIA em duas oportunidades diferentes.

Apesar de ter passado por times menores, o lançamento dele para o competitivo veio após atuações na Young Ninjas, time de base da Ninjas in Pyjamas. Diferente do que aconteceu com jogadores como REZ e headtr1ck, o clube optou por não apostar no jogador que foi citado cinco vezes no bold prediction.


Assista também aos nossos vídeos. Neste aqui conversamos com felps, jogador da Imperial, antes da estreia na Pro League:

Siga a Game Arena nas redes sociais: TwitterYouTubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Counter-Strike 2

1

Counter-Strike 2

CBCS: RED Canids conquista título da Season 4

2

Counter-Strike 2

CS2: snow sofre críticas após errar facada; comunidade reage

3

Counter-Strike 2

CCT Finals: paiN é eliminada após nova derrota para AMKAL

4

Counter-Strike 2

CS2: nicks revela porque trocou Fortnite pelo CS: “Um sonho meu”

5

Counter-Strike 2

BetBoom Dacha: MOUZ faz 3 a 0 na Spirit e é campeã