Counter-Strike 2

CS2: CEO d’O Plano garante seriedade, com projeto sem prazo de validade

O Plano está devidamente anunciado, mas pouco se sabe dos bastidores desta junção de kNg, TACO, boltz, fer e fnx....

CS2: CEO d'O Plano garante seriedade, com projeto sem prazo de validade

O Plano está devidamente anunciado, mas pouco se sabe dos bastidores desta junção de kNg, TACO, boltz, fer e fnx. Para entender melhor o projeto, a Game Arena entrevistou Karine, CEO da organização, que falou sobre o assunto e revelou detalhes.

No início do papo, Karine relatou que na verdade O Plano tinha outra escalação em mente, já muito avançada. Outra revelação foi de que o quarteto se reuniu primeiro e kNg recebeu o convite dos quatro, mas demorou a entrar pois O Plano negociava com outra equipe.

“Nós tivemos uma primeira opção de time e ele era muito forte. Nós chegamos realmente a fechar o time e as conversas ficaram avançadas. Mas durante o pedido desse time, os meninos Lincoln, Boltz, TACO e fer, entraram em contato com o kNg e eles já tinham chamado uma vez. Só que o kNg já estava interessado nesse projeto que tinha se criado. Com o passar dos dias, foi enfraquecendo a negociação desse time primário e [o kNg] acabou cedendo, o coração bateu mais forte”, contou Karine.

Após o convite aceito, ficou a dúvida sobre a organização que iriam representar. A empresária diz que deixou em aberto para que o projeto pudesse acontecer até mesmo fora d’O Plano, mas no final optaram pela sua organização, o que a deixou bem satisfeita.

Dito isso, agora todos estão no foco e Karine promete seriedade total para que a equipe dê certo.

“É uma line que tem jogadores que nem se falavam. Então a gente vê que conseguimos juntar tudo isso: jogadores que deixaram o orgulho de lado, conversas passadas de lado, em prol do mesmo objetivo. Isso já acaba com a brincadeira, pois a partir do momento que você sai da sua zona de conforto, abaixa seu orgulho e sua razão para conseguir um mesmo objetivo, isso se torna muito sério. Então conseguimos juntar essas cinco lendas e vai sair o time”, comentou Karine.

 

“Outra coisa que brilha os olhos é que são jogadores que não estariam empenhados em voltar ao competitivo, para, desculpa o termo, mas jogar em qualquer time. Até porque, convite todos eles tiveram, mas se reuniram todos com o mesmo objetivo, confiando e sabendo quem são os teammates, a capacidade que eles tem e onde querem chegar. Todos quiseram seguir para mais uma chance, tentar mais uma vez, pois acreditam que chegarão lá.”, completou.

Apesar da seriedade com que todos estão tratando a coisa toda, a CEO d’O Plano admite que o time não está pensando ainda a longo prazo. Estão vivendo o momento e vendo o que acontecerá.

“É um projeto que não tem prazo de validade”, cravou.

“Pode ser que dure até a classificação para o Major, ou a não classificação, ou até outro campeonato. Ele será de acordo com a dedicação e principalmente resultados dos jogos. Todos estão empenhados e focados no Major e os resultados que acontecerem a partir disso, permitirá que eles fiquem juntos. Mas não posso dar um prazo de validade para vocês.”

O foco já ficou claro que é o Major. É pela classificação no mundial do Counter-Strike que a equipe já começou a treinar presencialmente, na sede d’O Plano. Os jogadores estão evitando até mesmo alguns contatos de fora, para se concentrar.

“Esta será uma semana de treino intensivo pro nosso Open. Vamos por etapas, temos que passar pelo Open primeiro para chegar no RMR. Então até um bootcamp caberia aqui, desde que passemos na primeira classificação”, falou Karine.

Em meio ao clima de seriedade, é claro, tivemos que perguntar sobre a zoeira e as brincadeiras que devem estar acontecendo. Afinal, é também uma reunião de amigos.

Sobre isso, Karine enfatizou: “O que eu ouvi aqui no meio das gritarias foi um ‘receba’ e aquele grito do Cristiano Ronaldo. Tá tendo a gritaria. Parece que juntos, nada mudou em relação ao passado. A energia é a mesma, parece que até mais leve na verdade, pois não tem tanta pressão, tanta cobrança e grandes coisas por trás, somos só nós, amigos, e a organização d’O Plano que é uma família, em que todos se dão bem e tudo é muito fácil tratar. Então o clima está bem leve, gostoso“.

No final da entrevista, além de agradecer aos fãs raízes pelo apoio e dar as boas-vindas aos novos, Karine também prometeu que muito conteúdo sairá dessa reunião.

A torcida pode esperar tanto vídeos após o Open Qualify – estreia do time entre 8 e 9 de janeiro -, quanto eventos presenciais como fan fest do RMR, do Major e mais.


Veja também outros vídeos nossos. Neste aqui, batemos um papo exclusivo com brnz4n, que falou sobre o 2023 do MIBR, projetou 2024 e ainda disse que acredita que sua equipe é a melhor do Brasil:

Acompanhe a Game Arena nas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Counter-Strike 2

1

Counter-Strike 2

CS2: NIP confirma interesse, mas garante permanência de r1nkle

2

Counter-Strike 2

CS2: bug transforma qualquer arma em metralhadora

3

Counter-Strike 2

CS2: Wildcard é comprada por criadora de conteúdo adulto

4

Counter-Strike 2

Jogador usa cubo mágico para jogar CS2; veja vídeo

5

Counter-Strike 2

CS2: RED Canids é convidada para seletiva de LAN no Rio