entrevista

Major Copenhagen: nqz credita derrota por “estilo imprevisível” da Virtus.pro 

Após 0-2 na segunda fase da paiN, nqz falou sobre o dia da equipe, porque não jogou de awp contra os russos e próximos passos

nqz

Foto: Game Arena.


A paiN terminou o primeiro dia de disputas da Elimination Stage do PGL CS2 Major Copenhagen 2024 com duas derrotas, para Complexity e Virtus.pro. Após a maratona de jogos MD1, o awper Lucas ‘nqz’ Soares falou com a Game Arena.

O jovem jogador começou analisando o primeiro confronto dos tradicionais no dia, contra a Complexity. nqz acredita que forma como o time entrou no mapa foi fator determinante para o revés.

A primeira partida, entramos em um mapa que estávamos confiantes (Vertigo), mas a gente entrou um pouco desligado e isso custou um pouco o jogo contra a COL. Eles fizeram muito rounds em sequência e, quando você começa a jogar para correr atrás do prejuízo ao invés de impor seu ritmo, isso dificulta. Mas fizemos bons rounds, tiveram rounds-chave como aquele 9 a 10, acabou que quebrou a gente.” – disse.

Sobre a derrota para a Virtus.pro, nqz disse que os russos têm um estilo de jogo “muito chato” e que isso atrapalhou os jogadores da paiN na hora de fazer as leituras.

No segundo jogo, a meu ver, foi mais difícil dentro do server, eles têm um estilo chato de jogar contra, bem metódico, muito imprevisível. E a gente cometeu uns erros bobos, alguns rounds que podiam ser nosso e não foram porque cometemos vacilos. Eles jogaram bem, souberam aproveitar e o parecer do dia foi esse.” – afirmou.

Ainda sobre a Virtus.pro, nqz nos contou como foi o trabalho de preparação para o jogo. Ele revela que a paiN veio sabendo de como o time campeão no Rio joga, mas que na hora H, é realmente difícil de acompanhar o ritmo

Assim que soubemos que o mapa era Inferno, demos uma analisada e vimos que eles gostaram muito apostando em bomb. Se eles tomam a primeira kill, eles fazem rotações malucas. Viemos com um plano de jogo diferente, mas é um time que, mesmo se você se preparar muito bem, na hora do vamos ver é um pouco chato, ao mesmo tempo que tem jogadores muito agressivos como o FL1T, fame e o mir, tem o jame que é muito passivo. Eles têm um estilo difícil de jogar contra.” – analisou.

LEIA MAIS

nqz
Foto: divulgação/PGL.

Não usar awp e próximos passos

Um fato curioso da partida contra a Virtus.pro foi que nqz não puxou sua principal arma, a awper, em muitos momentos do jogo. Perguntado sobre isso, o jovem jogador revelou os motivos pelos quais preferiu jogar de rifler em alguns momentos.

Foi uma opção minha, mas foi muito por conta da economia também. Nessas trocas de rounds fica difícil para eu montar minha economia para fazer awp. Para mim, é melhor jogar de AK com full bomba na Inferno, pois é um mapa que precisa de muita granada para domínio e você acaba trocando bomba com o outro time. É melhor do que jogar de awp sem bomba. É uma chuva de smoke no mapa, acaba não tendo muito tiro.” – revelou.

Olhando para os próximos dias, nqz disse que a paiN chegará forte para as séries melhor de três mapas, pois se sentem confortáveis nesse formato, em comparação as MD1

Agora é mentalidade de resetar, chegar amanhã e jogar as MD3. Preferimos bastante jogar nesse formato, pois temos mais margem para erro. Vamos jogar nosso pick, estudar o pick dos caras, então sendo uma série mais larga, abre mais brecha para você punir mais, errar mais.” – contou.

Finalizando, nqz mostra confiança para os próximos dias da segunda fase: “Vamos sentar, trocar ideia, rever os jogos e podemos fazer de melhor para amanhã. Por mais que estejamos 0-2, o campeonato não acabou e temos muito jogo para mostrar.” 

nqz e a paiN volta ao lobby amanhã para jogar a sua primeira série MD3 valendo a vida no PGL CS2 Major Copenhagen 2024. A equipe brasileira não poderá mais perder na competição.


Assista aos nossos vídeos também. Neste aqui conversamos com kauez e rikz após a classificação da paiN ao Elimination Stage:

Game Arena está cobrindo presencialmente o PGL CS2 Major Copenhagen 2024. Siga as nossas redes sociais para ficar por dentro de tudo que acontece no mundial: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Counter-Strike 2

1

Counter-Strike 2

GET Rio feminino: Fluxo Demons vence FURIA e é campeão

2

Counter-Strike 2

GET Rio: “muita dedicação”, cAmyy vê W7M no caminho certo

3

Counter-Strike 2

GET Rio: bizinha cita “propósito” e comenta retorno ao CS

4

Counter-Strike 2

GET Rio: FURIA faz jogo tranquilo contra W7M e está na final

5

Counter-Strike 2

GET Rio: goddess cita confiança e avalia entrada da annaEX