entrevista após classificação

Major Copenhagen: chelo detalha mudanças e se declara: “Ser FURIA é bom demais”

Após classificação para 2ª fase do Major, chelo revelou quando FURIA mudou mindset e vitória sobre a SAW

chelo

Foto: Game Arena.

A FURIA avançou a Elimination Stage do PGL CS2 Major Copenhagen 2024 após vitória sobre a SAW por 2 a 0. Depois de fazer o comeback histórico, Marcelo ‘chelo’ Cespedes falou com a Game Arena.

O jogador, que irá estrear em uma fase principal de Major, começou falando sobre como estava se sentindo minutos após selar a vaga: “Sensação muito boa. Ainda mais saindo de um 0-2 e, para mim, particular, nunca tinha ido para o Legend. Estou muito feliz, não sei descrever o que estou sentindo.

Sobre começar o campeonato com duas derrotas, chelo revelou que brincou com os jogadores da FURIA sobre o assunto, já que ele era o único que havia passado por essa situação antes.

A situação do 0-2 eu já passei, eles nunca tinham passado. Eu brincava com eles falando para deixar comigo, que no 0-2, eu sei o que faço. Brincadeiras a parte, foi muito gostoso virar no 3-2. CS é muito difícil, no primeiro dia, sendo MD1, você perde forçado, pistol, já muda o jogo inteiro.” – disse.

Preparação e campanha da FURIA

O jogador deu detalhes de como foi a preparação da equipe para esse Major desde a classificação no RMR para o México. chelo revelou que a FURIA chegou muito bem ao mundial da Dinamarca após um ótimo bootcamp em Malta.

Depois que saímos do bootcamp, sabíamos que estávamos muito bem, treinamos bem, arrumamos todos os mapas. Ainda temos falhas, pois no CS não existe certo e errado, são escolhas nos momentos certos. E isso fez a gente vim muito bem para o Major, apesar do 0-2.” – revelou.

Falando sobre a campanha da FURIA no mundial, chelo disse que a equipe estava irreconhecível no primeiro dia, mas que viraram a chave, se blindaram e escolheram acreditar na classificação.

Não estávamos muito quente, não éramos nós. Vivemos de um ótimo bootcamp, e quando tomamos o 0-2, resolvemos se fechar e continuar trabalhando. O mesmo trabalho que fizemos no 1º dia, fizemos nos dias seguintes, não mudamos absolutamente nada, a não ser acreditar. Essa foi a palavra do time, acreditar e se blindar.” – analisou.

LEIA MAIS

chelo
Foto: divulgação/PGL.

Sobre a vitória sobre a SAW, chelo conta que esperava um jogo mais difícil e acredita que os portugueses tentaram se adaptar ao estilo da FURIA, mas que isso é muito difícil de acontecer.

Não foi tão difícil quanto eu esperava, achava que seria mais difícil, eles tentaram se adaptar para o nosso jogo, mas somos a FURIA. Ninguém consegue ler a gente, mudamos de jogo a jogo. E eles caíram no conto do vigário e rodaram.” – afirmou.

Mudança de mindset e Ser FURIA

chelo nos contou em detalhes que a FURIA resolveu mudar seu mindset para a temporada após perder a vaga da IEM Dallas para a 9z no classificatório da América do Sul. De lá para cá, o time é outro.

A mudança veio mesmo foi quando perdemos para a 9z no Closed da IEM Dallas. Dali em diante, batemos o martelo e mudamos todo o mindset. Começamos a trabalhar outras coisas, formas de tática, assistir mais o adversário.” – contou.

Se declarando para a equipe, chelo disse como é jogar ao lado dos melhores do país: “Ser FURIA é bom demais. Eu tenho os quatro melhores jogadores do Brasil do meu lado. Ser FURIA é isso, ser o melhor time.” 

Finalizando a entrevista, chelo falou sobre os próximos passos no campeonato. A FURIA volta a campo já amanhã, para encarar a G2, em série melhor de um mapa, pela rodada de estreia do Elimination Stage do PGL CS2 Major Copenhagen 2024.

O primeiro passo é jantar. Acabou, é pracc room e trabalhar para amanhã, ele não para. Passar para o Legends não é mérito nenhum, queremos o título e vamos buscar.” – concluiu.


Assista aos nossos vídeos também. Neste aqui, entrevistamos FalleN após a vitória sobre a ENCE:

Game Arena está cobrindo presencialmente o PGL CS2 Major Copenhagen 2024. Siga as nossas redes sociais para ficar por dentro de tudo que acontece no mundial: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Counter-Strike 2

1

Counter-Strike 2

GET Rio feminino: Fluxo Demons vence FURIA e é campeão

2

Counter-Strike 2

GET Rio: “muita dedicação”, cAmyy vê W7M no caminho certo

3

Counter-Strike 2

GET Rio: bizinha cita “propósito” e comenta retorno ao CS

4

Counter-Strike 2

GET Rio: FURIA faz jogo tranquilo contra W7M e está na final

5

Counter-Strike 2

GET Rio: goddess cita confiança e avalia entrada da annaEX