Futebol

Venezuela 100% na Copa América: veja a campanha inédita e histórica da Vinotinto

Campanha da Venezuela na primeira fase é a melhor de sua história

Delegação da Venezuela na Copa América 2024 (Foto: Reprodução)

Delegação da Venezuela na Copa América 2024 (Foto: Reprodução)

Campanha da Venezuela na primeira fase é a melhor de sua história

A vitória da Venezuela por 3 a 0 sobre a Jamaica, no último domingo (30), encerrou com chave de ouro a campanha inédita e histórica da Vinotinto na Copa América 2024. Pela primeira vez, ao longo de suas 20 participações no torneio, a equipe venezuelana encerrou a primeira fase com 100% de aproveitamento, batendo todos os adversários que encontrou pela frente. O Game Arena traz, a seguir, tudo o que você precisa saber sobre a campanha da Venezuela na edição atual da Copa América e o desempenho da equipe em outras edições da competição.

Venezuela na Copa América 2024

  • 1ª rodada: Venezuela 2 x 1 Equador
  • 2ª rodada: Venezuela 1 x 0 México
  • 3ª rodada: Venezuela 3 x 0 Jamaica

Sob o comando do treinador argentino Fernando Batista, a Venezuela estreou na Copa América 2024 com uma vitória de virada por 2 a 1 sobre o Equador, no Levi’s Stadium. Após Jeremy Sarmiento abrir o placar na primeira etapa, Jhonder Cádiz e Eduard Bello garantiram a vitória venezuelana na etapa complementar. 

Na sequência, a equipe venceu por 1 a 0 o México no SoFi Stadium pela segunda rodada, com um gol de pênalti marcado por Salomón Rondón no segundo tempo. 

Na terceira e última rodada, a Vinotinto dominou com tranquilidade a Jamaica no Q2 Stadium, vencendo por 3 a 0 com gols de Eduard Bello, Salomón Rondón e Eric Ramírez, todos na segunda etapa. A campanha isolou a Venezuela na liderança do Grupo B, com 9 pontos e um saldo positivo de 5 gols.

Destaques do elenco atual

Os principais trunfos da equipe da Venezuela estão no setor ofensivo, entre eles um nome bem conhecido do futebol brasileiro. O atacante Soteldo, que tem vínculo com o Santos mas atua emprestado no Grêmio, vem emplacando boas atuações no elenco vinotinto, apesar de ainda não ter balançado as redes. Além dele, o atacante Salomón Rondón, que atua no futebol mexicano pelo Pachuca, vem de uma boa fase e já balançou as redes duas vezes no torneio. No meio-campo, um dos destaques na liderança do setor é o volante Yangel Herrera, do Girona. O goleiro Rafael Romo, do Universidad Católica, também vem sendo peça fundamental para ajudar a equipe, com apenas 1 gol sofrido até o momento.

Histórico da Venezuela na Copa América

  • 2007 – Quartas de final
  • 2011 – 4º colocada
  • 2016 – Quartas de final
  • 2019 – Quartas de final
  • 2024 – Quartas de final (até o momento)

A primeira participação da Venezuela na Copa América ocorreu na edição de 1967, que ficou com a 5ª colocação entre as seis seleções participantes. À época, o torneio ainda se chamava Campeonato Sul-Americano de Futebol e se baseava em um regulamento de pontos corridos. 

A partir da edição seguinte, em 1975, a competição passou a se chamar Copa América e ganhou um formato semelhante ao atual, com as equipes divididas em grupos e fases de mata-mata na sequência. Desde então, a Venezuela participou de todas as edições, mas sempre caindo na primeira fase até 2004.

Foi em 2007 que a Venezuela chegou pela primeira vez às quartas de final, após fechar a primeira fase como líder do Grupo A, ao vencer por 2 a 0 o Peru e empatar em 2 a 2 com a Bolívia e 0 a 0 com o Uruguai. Nas quartas, acabou caindo com uma goleada por 4 a 1 aplicada pelo Uruguai. 

Na edição seguinte, em 2011, a Vinotino foi ainda mais longe, conquistando a 4ª colocação. Na primeira fase, a equipe havia ficado com a vice-liderança do Grupo B, após vencer por 1 a 0 o Equador e empatar em 0 a 0 com o Brasil e 3 a 3 com o Paraguai. Nas quartas de final, venceu o duelo contra o Chile por 2 a 1, caminhando para as semifinais. No confronto contra o Paraguai, acabou derrotada nos pênaltis pelo placar de 5 a 3.

Em 2016, na edição do centenário do torneio, a Venezuela fechou a fase inicial como vice-líder do Grupo C, vencendo por 1 a 0 a Jamaica e 1 a 0 sobre o Uruguai, além de um empate em 1 a 1 com o México. Nas quartas de final, a equipe se despediu após sofrer uma goleada por 4 a 1 da Argentina.

Em 2019, a Venezuela foi vice-líder do Grupo A, com uma vitória por 3 a 1 sobre a Bolívia e os empates sem gols com Peru e Brasil. Nas quartas de final, a equipe voltou a enfrentar a Argentina e acabou derrotada por 2 a 0.

Na edição de 2024, a Vinotinto alcançou o inédito 100% de aproveitamento de sua história, liderando o Grupo B com as vitórias por 2 a 1 sobre o Equador, 1 a 0 sobre o México e encerrando a primeira fase atropelando a Jamaica pelo placar de 3 a 0.


Assista também aos nossos vídeos. Neste, Celso Ishigami, Fred Figueiroa e Cassio Zirpoli relembram 12 jogos históricos da Copa América. Veja:

Siga Game Arena nas redes sociais: TwitterYoutubeInstagramTik TokFacebook Kwai.

COMPARTILHE

Bombando em Esportes

1

Esportes

Veja os melhores momentos da vitória do Fortaleza sobre o Flamengo no Maracanã

2

Esportes

Criciúma sai na frente, mas Fluminense busca empate fora de casa

3

Esportes

Melhores momentos: Palmeiras 3 x 1 Atlético-GO pela 16ª rodada do Brasileirão

4

Esportes

Em pleno Maracanã, Fortaleza vence e tira o Flamengo da liderança do Brasileirão

5

Esportes

Palmeiras vence o Atlético-GO e assume a liderança do Campeonato Brasileiro